Alma Livre

A Banca 021

[Ursoleone]
Buscava o tempo inteiro um jeito de ficar
De bem comigo mesmo pra poder te levar
E tudo que sufoca eu jogo fora
E não, já não importa não

[Porto]
Vivendo, sorrindo
Só indo e vindo
Aprendo, ensino
Agindo, subindo

Continuo
Acendo um fino nesse destino
Onde a incerteza é hino desde menino

Barreiras do presente me inspiram mais
Eu já só quis paz, hoje eu quero bem mais
E sempre vou sorrir por tudo que passei
Não vou negar, falhei pra não poder falhar

Escuta esse grave e liberta todo mal que aflige
A caixa, o kick, alastra o timbre da alma livre pra voar

Barcos aqui balançam pois ninguém conhece o mar
Guerreiro não se cansa, espera o mar descansar

[GB]
Como a lua toda noite sempre alí
Mas por aí, solto na vida
Por que ainda tenho o mundo inteiro pra descobrir
Por que ainda tenho o mundo inteiro

Como a lua toda noite sempre alí
Mas por aí, solto na vida
Por que ainda tenho o mundo inteiro pra descobrir
Por que ainda tenho o mundo inteiro

[Ursoleone]
Pare e pense, olha lá
O tempo que já se passou não pode mais voltar
Se o relógio te esqueceu é por que você se perdeu
Em algum momento que nasceu e tu deixou pra lá

Agora é tarde pra dizer o que não quer
Quando podia você nunca teve fé

Nanan nan nan nan

[GB e Ursoleone]
Me diz pra que esse rancor, precisamos de paz
Se alguém te machucou, dê amor ainda mais
Sempre queira ser amor, solte a sua voz
O tempo não parou, a vida corre veloz

Eu vejo acontecer, tá feio por aqui
E não poder mudar me impede de dormir
Mas entendo que tudo que foi, já foi
Viver não é só respirar
E ainda tá pra nascer aquele que pode julgar: Ninguém

[Ursoleone, GB e Porto]
Aquele que pode julgar: Ninguém
Aquele que pode julgar: Ninguém
Aquele que pode julgar: Ninguém
Aquele que pode julgar: Ninguém

[Ursoleone]
Buscava o tempo inteiro um jeito de ficar
De bem comigo mesmo pra poder te levar
E tudo que sufoca eu jogo fora
E não, já não importa não

[Porto]
Vivendo, sorrindo
Só indo e vindo
Aprendo, ensino
Agindo, subindo

Continuo
Acendo um fino nesse destino
Onde a incerteza é hino desde menino

Barreiras do presente me inspiram mais
Eu já só quis paz, hoje eu quero bem mais
E sempre vou sorrir por tudo que passei
Não vou negar, falhei pra não poder falhar

Escuta esse grave e liberta todo mal que aflige
A caixa, o kick, alastra o timbre da alma livre pra voar

Barcos aqui balançam pois ninguém conhece o mar
Guerreiro não se cansa, espera o mar descansar

[GB]
Como a lua toda noite sempre alí
Mas por aí, solto na vida
Por que ainda tenho o mundo inteiro pra descobrir
Por que ainda tenho o mundo inteiro

Como a lua toda noite sempre alí
Mas por aí, solto na vida
Por que ainda tenho o mundo inteiro pra descobrir
Por que ainda tenho o mundo inteiro

[Ursoleone]
Pare e pense, olha lá
O tempo que já se passou não pode mais voltar
Se o relógio te esqueceu é por que você se perdeu
Em algum momento que nasceu e tu deixou pra lá

Agora é tarde pra dizer o que não quer
Quando podia você nunca teve fé

Nanan nan nan nan

[GB e Ursoleone]
Me diz pra que esse rancor, precisamos de paz
Se alguém te machucou, dê amor ainda mais
Sempre queira ser amor, solte a sua voz
O tempo não parou, a vida corre veloz

Eu vejo acontecer, tá feio por aqui
E não poder mudar me impede de dormir
Mas entendo que tudo que foi, já foi
Viver não é só respirar
E ainda tá pra nascer aquele que pode julgar: Ninguém

[Ursoleone, GB e Porto]
Aquele que pode julgar: Ninguém
Aquele que pode julgar: Ninguém
Aquele que pode julgar: Ninguém
Aquele que pode julgar: Ninguém

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (7)

Fotos (7)

Clipes (11)

Release

A Banca 021 nasceu no subúrbio carioca, formada por Ursoleone, Porto, GB e Carlos do Complexo, que desde a infância tiveram contato com uma mistura de gêneros musicais, como: Samba, MPB, Rock, Rap, Reggae e o batidão do Funk.

Através de suas vivências e carinho com a própria obra, os integrantes também atuam na parte de Design, Audiovisual e Marketing da própria banda, e junto ao talento de sua equipe buscam ter um papel de inovação dentro do mercado artístico como um todo.

Carregam consigo o movimento VAMU, que tem funcionado também como impulsionador de novos artistas, produtora e selo musical.

Lançaram seu primeiro disco experimental, denominado "GOLD", no final de 2014, mas costumam dizer que foi apenas um aperitivo, o melhor ainda está por vir.