O Rap Nunca Para (Prod. Kanji)

Cronos Titânico

Subi as rampas desse inferno maquiado
Fiz um futuro mais intenso do que tava destinado
Assombrei meus pesadelos de olhos fechados
Calei a boca dos otários e dos haters mal amado

Eu, cria da favela, decidido e armado
Tirei da minha gaveta o conhecimento eternizado
De quem tinha a certeza do plantio e da colheita
Por que o karma sempre cobra nesses giros do planeta

Dedicação, esforço e coragem
Foram os trunfos que eu usei nessa minha eterna vida de viagem
Executando sem atalhos, flutuando pelo mangue
Esfregando na tua cara a melanina no meu sangue

Sem me sucumbir, sem hipocrisia
Sem deixar a fé morrer se não der certo ao fim do dia
Nesses tempos de crise, o que vale é o argumento
E a certeza que o conhecimento é o euro do momento

Foco
Desculpa pra todo cego é bengala
Força
Guerreiro nunca falha na batalha

Pra todos que vivem no fio da navalha
O RAP NUNCA PARA
O SONHO NUNCA ACABA
(Repete 2x)

Não vem me julgar se eu não fumo do seu maço
Vim correr pela família atrás do meu espaço
Eu tô firmado nesse hit sem perder o meu compasso
Um novo sobrevivente da floresta de concreto e aço

Sente o drama
Qual é o seu preço pra fama
Correndo pelo certo pra não acabar soterrado na lama

Entre as escamas, muitos enxergam um sonho sem formatura
Vai muito além dos Nike no pé e peça na cintura

Calcula os ganhos e todas as perdas
Sem armadura
Respeito é bom e comigo carrego
Sem ditadura

Entra na dança
Sente o peso da cobrança
Forte são os que permanecem de pé
Com o dom da esperança

Convoca teus problemas, mantém a certeza
Debate com o KO na hora do jantar, sentados a mesa
Olha a frieza, tu sabe que eu não minto
Meu som invadiu a tua casa e teu filho me chama de mito (putzz)

Duvidou logo de mim burguês?
Antes o palco era só teu mano
Agora é minha vez

Eu tô aqui pelo amor
Eu tô aqui pela palavra
Se fosse pelo cash
Era assalto a mão armada, vem!

Foco
Desculpa pra todo cego é bengala
Força
Guerreiro nunca falha na batalha

Pra todos que vivem no fio da navalha
O RAP NUNCA PARA
O SONHO NUNCA ACABA
(Repete 2x)

Músicas mais acessadas

Agenda de shows

Álbuns e Singles/EPs  (5)

Fotos (21)

Clipes (9)

Release

Cria da Zona Norte do Rio de Janeiro,Cronos Titânicodescobriu seu talento com as palavras ainda na infância. Aos 8 anos de idade, estreou no campo da literatura por meio de um livro desenvolvido em parceria com a avó. Na referida obra, além de colaborar com a criação de versos, o então garoto prodígio das artes atuou como ilustrador. Destinado ao público infantil, o livro vendeu mais de mil exemplares logo nos 3 primeiros dias de lançamento.
Cronos é cria da Zona Norte do Rio de Janeiro (Foto/Instagram)

Em foi entre ruas e vielas doComplexo do Linsque o artista moldou sua evolução. Dividido entre a realidade cruel e crua da comunidade e o fabuloso mundo de conhecimento e fartura de arte, Cronos soube absorver a confusão ...

Continuar lendo>>