Imagem de capa de Lill Cash
Lill Cash

Lill Cash

Cidade/EstadoRibeirão Preto / SP
Plays80.468plays
Tamanho
Imprimir

Raspandos Part. Defronte e Jhef

Composição: Lill Cash e Defronte

Refrão: As formigas que se abaixem Que eu vou passar raspando Voando baixo no asfalto As formigas que se abaixem Que eu vou passar raspando Tomando a cena de assalto Vou sair de role enterrar a nave no chão Raspando a lataria e na mala estralando o som Não vem roubar a minha brisa que eu quero me divertir A lua ta tão bela me intimando pra sair Eu vou raspar no chão me perder nessas ruas O comboio ta formando fazendo muita loucura Olha as naves aterrizando meu bonde ta passando Com as carreta enfileirada no asfalto tudo arrastando Lill Cash: Acelera as nave aciona os grave Que agora os moleque ta na cena chave Fumacê na blunt meu som nos falante Batucando forte vai ser é destaque Quadrilha Soul Rua chegou causando Tamo fechado família Raspandos Nós tamo de cima rasgando a avenida Com as nave louca partimos pra pista De carreta cepada colada no asfalto Com as mola cortada arrastando o peito de aço Viramos comentário em todo lugar que nós passa Ouve o ronco do motor sente o cheiro da borracha Que o conta giro ta subindo e ninguém consegue pegar Onde passo fica o vulto só história pra contar Inimigo dos quebra mola reduz e passa de lado Ousadia que deixa os moleque tudo admirado Pra combinar com as cromada meto logo os cordão Pra chamar mais atenção enterro o carro no chão E o comboio ta passando enfileirado na city Deixando os comédias doido pra fazer parte da equipe Refrão: As formigas que se abaixem Que eu vou passar raspando Voando baixo no asfalto As formigas que se abaixem Que eu vou passar raspando Tomando a cena de assalto Vou sair de role enterrar a nave no chão Raspando a lataria e na mala estralando o som Não vem roubar a minha brisa que eu quero me divertir A lua ta tão bela me intimando pra sair Eu vou raspar no chão me perder nessas ruas O comboio ta formando fazendo muita loucura Olha as naves aterrizando meu bonde ta passando Com as carreta enfileirada no asfalto tudo arrastando Defronte: Quando as nave passa os alarme dispara Asfalto comendo lata os grave tremendo as placa As bitch fica insana no banco do meu carona De Chivas e Bulchanas na night curtindo a lombra No rasante pela city o chão é o limite Raspando nas street aro 20 nós exibe O brilho do xenon reflete nos cordão Dá o play no som que elas vai até o chão Se envolve com a matilha então entra no clima Noite ta propicia pra cair nas pistas Um palmo do asfalto voando baixo As dona do lado curtindo uma brisa Pião de carreta treme os cara preta Explode as corneta atormenta os policia Que tenta pegar mais come poeira Pilotos de fuga somem na neblina Altas horas da matina bem distante da minha house Nas pista hasta la vista sem chance pros motherfuck As formigas que se abaixem que eu vou passar raspando Acelerando as nave nas caixa os grave fritando Refrão: As formigas que se abaixem Que eu vou passar raspando Voando baixo no asfalto As formigas que se abaixem Que eu vou passar raspando Tomando a cena de assalto Vou sair de role enterrar a nave no chão Raspando a lataria e na mala estralando o som Não vem roubar a minha brisa que eu quero me divertir A lua ta tão bela me intimando pra sair Eu vou raspar no chão me perder nessas ruas O comboio ta formando fazendo muita loucura Olha as naves aterrizando meu bonde ta passando Com as carreta enfileirada no asfalto tudo arrastando

4.046

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica