Imagem de capa de Prag BlockRhyme
Prag BlockRhyme

Prag BlockRhyme

PaísAngola
Plays1.378plays
Tamanho
Imprimir

Misericórdia

Composição: Edson Mbeu

Eu sei que a minha mãe reza por mim Espero que a sua, por ti também Pois a malícia não tem fim Obrigado mãe! És a minha Deusa Ninguém vai te substituir... Senhor, tenhas misericórdia desse real Nigga Que todos os dias andou a pecar Tenha misericórdia desse real Nigga Que pelos pecados passou a pregar Pelo o espírito Santo Seja o meu manto (*2) Não consigo desapegar os bens mundanos Porque vivemos num mundo de feitos (Num mundo de defeitos) "Eu sei que a minha mama Reza por mim Espero que a sua Por ti também" "Eu sei que a minha mama Reza por mim Espero que a sua Por ti também" Senhor, a malícia não tem fim Tenha misericórdia desse real Nigga Que todos os dias andou a pecar... Hoje arrependido Por ser um bandido Vivendo escondido Para não ser extinguido Pois pela lei é perseguido Devido os feitos obscuros Bloqueado no passado sem futuro... O espírito impuro Que torna o meio inseguro E coloca a gente em apuro Sem ter onde fugir Sem ter caminho a seguir A não ser, do mal desistir e ao bem se entregar Para evitar de deixar de existir (de deixar de existir) "Eu sei que minha mama Reza por mim Espero que a sua Por ti também" Mas é preciso pregar Para afastar males humanos Ao Senhor se entregar E cessar actos insanos As trevas negar E parar de causar danos A recomeçar a traçar Divinos planos E em prática colocar Todos os anos na luz me focar E desviar-de de maus beltranos (de maus beltranos) E "Eu sei que a minha mama Reza por ti Espero que a sua Por ti também"

59

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica