Contrate

VOZ SEM MEDO

(61) 8404-7533 | (61) 8407-0151

JARDIM DO ÉDEN ( 2002 )

VOZ SEM MEDO

Vou subir o morro, vou ver a cidade lá de cima.
Vou falar com Deus!
Jardim do Éden, não! O fim do mundo quem sabe
Do Oiapoque ao Chauí, batizaram assim.
Favela do Haiti, o vento aqui.
Faz a curva, a bruxa aqui anda solta. Se rouba e é roubado
Nasce criança a todo hora. Morre adolescente por todo lado
É só poeira e a lama. As únicas estações.
Televisão e a cama as únicas diversões
Fora o forró e o Rap; o futebol e o back.
Mas tem mano que insisti...
?Mãos ao alto é um assalto?. Lá se foi um pedestre
Começa o ?disse me disse...?.
A voz da fome. Sem vergonhice ou preguiça.
Dormir até o meio dia. A tarde soltar uma pipa.
E na subida do morro...
O redemoinho varre a sujeira,
Que leva os sonhos e deixa a realidade.
?Se correr o bicho pega se ficar o bicho come?
Sentir frio sem febre é o mesmo que passar fome.
Quase pior que a morte é o desespero,
O desemprego é o medo do homem
E pra paz que não chega, o castigo é certo.
Se não é 8 é 80, enchente ou seca.
Botecos, igrejas; desconfiança, certeza.
Mas um raio de luz é melhor que as trevas
O inferno na Terra e não o fogo eterno
O inferno é a fila. Esperar a vida toda pela tal da justiça
Mais acharam um culpado
Tenho dó do diabo, que leva a culpa por tudo.
Tenho dó de você que tampa o sol com a peneira
Que dorme mais que a cama não vê o dia nascer
?Cadê a luz que vem lá do céu, cadê Jesus...?.

Vivo, vivo no morro.Quanto mais de longe, mais bonito de se ver!
Vivo, vivo no morro.Quanto mais de perto, mais difícil de viver!

Jardim do Éden. Não! O fim do mundo quem sabe
Cachorros, grades, medos, becos, vielas, favelas.
Vozes que pedem socorro. A polícia sobe o morro.
Tristeza leva. Desce mais um corpo.
Alegria. Menos um que não tinha medo de nada.
Ser preso. Solto. Tanto faz;
Desafiava tudo: Yavé, Lúcifer, o mundo!
A mãe chora. A lei da natureza se inverte.
O jovem foi o velho fica. A experiência permanece.
A ousadia meu Deus... Desaparece.
Historias que com o tempo se vai
Memórias, lembranças, que não voltam mais.
O bicho homem lombra sonha
Quer mudar de vida. Construir seu próprio castelo.
O mais belo dos belos!
Luxuria... Mas tem medo do inferno.
A fé é chega que tem poder sabe disso.
Manipula, propaga... O meu, o seu. O nosso medo.
No buraco da agulha não entra mais o camelo
O humilhados serão exaltados
Manda que pode. Obedece que tem juízo.
Eu falo. Você não entende.
O errado parece certo. O limpo tá sujo. E o longe tá perto.
Silencio. Boa noite. Cid Moreira, Willian Bonne, Fátima Bernardes falam todos os dias:

Músicas mais acessadas

Fotos (36)

Release

PROIBIDO PARA MENTES MENORES
O terceiro cd da banda chega ao mercado cercado de mistério e com um título intimidador e conclusivo.
Proibido para Mentes Menores promete!
Os fãs e admiradores da banda ja podem adquirir o novo cd do Voz Sem Medo nas melhores lojas do DF e entorno…
Como era de se esperar o trabalho do grupo veio com letras ainda mais ácidas e politizadas introduzindo na mente do público a preocupação do Voz Sem Medo em divulgar o manifesto rapper que tenta ostensivamente causar revolução social e unir a periferia.
Em um trabalho definitivo que faz balançar e relfetir ao mesmo tempo, o terceiro cd da banda veio como um trabalho intenso, repleto de críticas, desabafo e poesia.
A filosofia VSM veio estampada em cada faixa do ...

Continuar lendo>>