Affonso

Cidade/EstadoAracaju / SE
Plays188plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesGilberto Santos e outros 2 ouvintes
Fã-clubeJader Frauches e outros 1 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

A PORTA ABERTA:
um convite ao álbum Instintos, de Afonso Augusto
A meu ver, qualquer tentativa de leitura de Instintos, novo trabalho musical do artista
polivalente Afonso Augusto, deve passar por três chaves: 1) uma humanística; 2) uma poética; 3) e,
como não poderia deixar de ser, uma musical. O que exponho aqui não é senão um esboço dessa
tentativa de leitura; um convite, a bem dizer, a um estudo mais detido sobre o trabalho desse jovem
artista lagartense.
Chamo de chave humanística a preocupação de Afonso em abordar em suas letras o ser
humano movido pelo encanto de um instante e sua busca em preservá-lo a todo custo. A saudade, as
lembranças, a transitoriedade das coisas e dos fatos, o amor passado ou perdido, as paixões e seus
frutos, tudo isso se torna pressuposto para que o artista nos mostre sua visão acerca da carne
constitutiva do ser humano. Chamo a isso de humanística, porque, ao expor experiências que lhe
são próprias, Afonso acaba por falar do ser humano.
E é essa primeira chave que enriquece a segunda, ou seja, a poética. Não é novidade o fato
de que Afonso é também escritor, tendo, inclusive, conquistado premiações em muitos dos
concursos de que já participou. Pois bem, não são poucos os momentos em que as letras de suas
canções são contagiadas por esse espírito inatamente poético, o que se deixa ver na escolha das
imagens, na forma em que se encadeiam as ideias ou, ainda, no campo de escolha vocabular.
Por último e evidentemente, a chave musical, que atua como complemento das anteriores.
Quem ouve as melodias suaves e cativantes de Afonso tem a sensação de encontrar traduzido em
som a matéria que serve de assunto para suas composições. Seu estilo musical, mais afeito ao pop
rock, situam-no, como partícipe de um estilo, entre os artistas que primam por um modelo mais
melódico que harmônico. E de uma qualidade melódica, bem lembrando, que encaixa com precisão
letra e música.
Resta-nos, por fim, sentar e ouvir suas canções. Em outras palavras, resta-nos seguir o
conselho de um poema de Fábio Ribeiro (“Segundo”), a que Afonso deu melodia e arranjo musical:
“Se eu deixei a porta aberta / foi pra você entrar”. Entremos, pois.

Fábio de Oliveira

Playlists relacionadas

Contrate

Afonso Augusto Barbosa Fontes

https://www.palcomp3.com.br/affonso/
Home