Imagem de capa de Altamira
Altamira

Altamira

EstiloR&B
Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays44.411plays
Tamanho
Imprimir

Escorpiana

Composição: Beatriz Marques de Almeida Souza, Dianna Lima, Filipe Henrique Gomes Moura, Isabelle Provin Kaffer, Jeferson Anibal, José Nilton da Silva Júnior, Maurício Augusto Lourenço, Philipe Barroso da Cunha.
Me faz acreditar em mim Mesmo quando eu não tenho fé é nós dois contra o fim É ouro o tempo que tiver Vem iluminar meu caminho, meu canto tava tão vazio Antes meu junto era sozinho, você pois fogo no pavio Para de briga e vem amor, vem amor Vem dividir o travesseiro Com você longe é sofrência É só tierry o dia inteiro Vem de hb20 completão Banco de trás é só pressão, brava de mais que dá mais tesão Aí é de mim se não der atenção Vem que essa noite eu vou preparar aquele prato Molho e guaraná Vem que tá frio tipo Paraná Que amanhã o corre não pode parar Os projetos tão andando mais devagar Tô na caça dos peixes, lobo guará Que isso é pela gente pode reparar Para os do corre o senhor nos dará, dará Amor, se cê não me dar condição minha cama fica fria igual Plutão Amor, minha mão precisa da tua mão, saudade é veneno de escorpião Amor, se cê não me dar condição minha cama fica fria igual Plutão Amor, minha mão precisa da tua mão, saudade é veneno de escorpião Pessoas frias são como a vingança Meu próprio espelho que trás as lembranças De que eu já fui só Agora eu sei que já deve saber que eu sou alguém Bem perdido em meu ser Sempre tão me perguntando o por quê Mais eu não me entrego tão fácil Pra não me afundar no raso Eu vou te visitar nos sonhos E se o céu fosse meu rascunho Amor, te desenhava nas estrelas Por um minuto esqueceria a dor Essa mina é atraente seu olhar hipnotiza Eu tava aqui pensando como você é tão linda Tudo que nós vivemos foi muito importante Mas fiquei aqui pensando no que não vivemo ainda Facilmente me chamou atenção, gosto de preliminares Mas qual é o foco da questão Cê gosta mesmo é de sacanagem e de uma viagem Para de drama, deita na cama Diz que me ama, acende aquela bacana Em Copacabana vida de bacana Mas nada faz sentido sem você aqui minha dama Mas nada faz sentido sem você aqui minha dama Mas nada faz sentido sem você escorpiana Que vontade de nós dois Pra quê enrolar e deixar pra depois? (não deixa pra depois) Assim esfria nosso clima Vem logo ficar comigo Eu fico por cima Me chama de tua menina Meu lado escorpião que é muito mais que o teu coração Sem confusão Só eu você, nós dois juntos e um colchão Fala o que quer sentir Fala o que eu quero ouvir Hipnotiza, me domina, me fascina Que hoje eu tô afim fácin Me chama, me engana, me leva pra tua cama Confesso que me envolvi mais do deveria Mas confesso que o que eu senti cê nunca entenderia Conexão de alma, de corpo e de mente sabe? Nunca quero que isso acabe Baby, entenda que eu só quero seu bem (só quero seu bem) Escorpião teu veneno adoeceu meu coração Bateu saudade de amor sem confusão Nunca pensei que me entregaria e nessa melodia tem notas de você Pra você vê como me prendeu da noite pro dia Quem diria? Ah, confesso me apaixonei Cansei de te olhar e te ver com roupa Vamos se encontrar, deixa eu cuidar da tua boca Teu olhar me faz imaginar, certas coisas que é melhor nem falar Escorpiana deixa eu deitar na tua cama só pra ver de novo o Sol raiar E depois a meia noite vamos ver mais um luar Viajar nessa boca Eu nem sei de onde vem essa sintonia Só você que me faz bem Que vida bandida Teu olhar não me engana, teu olhar não me engana Que mau tem eu gostar de você Sei lá, de santinha não tem nada Vai vir que queima Foi nesse papinho de que ex já fluiu O passado chora e o destino traduziu que Amor, se cê não me dar condição minha cama fica fria igual Plutão Amor, minha mão precisa da tua mão, saudade é veneno de escorpião Nada faz sentido sem te ter aqui comigo Leva em pensamento tudo que vivemos juntos Hoje não está fácil aceitar a tua falta Mas a multidão é a minha maré alta Eu não sei o que acontece o coração nunca te esquece Eu não sei o que acontece o coração nunca te esquece Olha nos meus olhos e entenda a verdade Pupila dilatada, sinônimo de saudade (pay, pay, pay, pay) Pupila dilatada, sinônimo de saudade Amor, se cê não me dar condição minha cama fica fria igual Plutão Amor, minha mão precisa da tua mão, saudade é veneno de escorpião Que amor, se cê não me dar condição minha cama fica fria igual Plutão Amor, minha mão precisa da tua mão, saudade é veneno de escorpião

3.143

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica