Cidade/EstadoPorto Alegre / RS
Plays441plays

Trem da utopia

Composição: Gedson Meira (Lontra)

Alvaro Santi & O Caixaprego ainda não enviou a letra e o clipe dessa música

62

plays

Comentários

Filtrar Por:

Playlists relacionadas à musica

Cidade/EstadoPorto Alegre / RS
Plays441plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

Ouvintesjoseilson araujo moura e outros 2 ouvintes
Fã-clubeForro dos Kapas e outros 6 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Tadeu KirchBaixo
André MâncioViolão, Guitarra Solo
Álvaro SantiViolão 12 cordas, Voz, Violão
Ver mais integrantes

Release

Álvaro Santi & O Caixaprego

Poeta ou músico?
Álvaro Santi é reconhecido como poeta no Rio Grande do Sul. Desde sua estréia na literatura, em 1992, publicou 4 livros de poesia que granjearam a admiração de leitores exigentes como Adriana Calcanhoto ? com quem chegou a tocar no início da carreira ? e os escritores Moacyr Scliar, Luís Augusto Fischer, Armindo Trevisan e Charles Kiefer. Santi também é conhecido por seu trabalho na Secretaria de Cultura de Porto Alegre e no Conselho Nacional de Política Cultural, onde ocupou a vaga de música erudita (2007-2010). Contudo, apesar de graduado em música pela UFRGS em 1993, seu trabalho como compositor, intérprete e instrumentista é praticamente desconhecido.

O disco
Mas isto está para mudar: seu primeiro disco, Trem da Utopia, produzido por ele próprio e mixado por Pedro Figueiredo, acaba de ser lançado. Nele, Santi canta e toca violão de 6 e 12 cordas, baixo e flauta, acompanhado por André Mâncio (violão de aço e guitarra) e Vítor Breyer (bateria); e auxiliado pelos convidados Leonardo Ribeiro, Otávio Segala, Giovani Berti, Ricardo Arenhalt, Dúnia Elias, Elisa Moori, Rita Scheid, Érika Alíbio, Luís Henrique, Mário Humberto e Rômulo Giralt.

A banda
A banda recebeu o nome de Caixaprego em memória do trio que Santi e seus colegas de universidade, Gédson ?Lontra? Meira e Rômulo Giralt, fundaram no início dos anos 1980. O termo ?caixaprego? era ouvido de seus pais, significando algum lugar distante ou mesmo inexistente: uma utopia, enfim.
A banda estreou em 28/12/1984, no Festival I Musivale, realizado no Cine-teatro Alvorada, em Lajeado, para o qual classificou duas músicas, ?Menina? e ?Quando eu te procuro?, apresentadas com a participação de Maurício Tibé na flauta. Em dezembro do mesmo ano, voltaram a se apresentar no mesmo palco, a convite da organização do evento, na abertura do show de Nei Lisboa, com a participação de Ivan Maraschin nos vocais. No ano seguinte, o agora engenheiro Gédson Meira ingressou na Petrobrás, passando a residir no Rio de Janeiro. Mesmo assim, a banda defendeu ?O relógio? no II Musivale, com a participação de André Mâncio e Maurício Tibé. Já em 1986, Álvaro Santi ingressava no Banco do Brasil, mudando-se para o interior do RS e trancando a faculdade de música na UFRGS, que retomaria em 1990. Foi o fim do primeiro Caixaprego.

Neste período, Álvaro apresentou-se ocasionalmente em bares ou festivais em Lajeado, Estrela, Encantado (festival Canto da Lagoa), Tramandaí (onde chegou a acompanhar Adriana Calcanhoto, então no início de carreira) e Vacaria. Nesta última cidade, participou de duas edições do festival Encontro Musical Nativista, como intérprete e violonista. Retornando à Universidade, Santi realizou dois recitais de violão solo (1993), em Lajeado e Porto Alegre, por ocasião da conclusão do curso de Bacharel em Música. Nos anos seguintes, compôs, interpretou e gravou trilhas sonoras para teatro para os grupos Elenku, de Arroio do Meio RS (nas montagens de A Maldição do Vale Negro e Máscaras) e Gang Atuação e Cia, de Lajeado (Yerma, interpretada por Júlia Feldens).
A existência efêmera da banda rendeu algumas dezenas de canções próprias, registradas em fitas cassete, que Santi decidiu registrar em disco depois de uma jam session, em 2004, em que se encontrou com Rômulo e André, além de vários fãs da banda. Desde então, dedicou-se a gravar sem pressa as 13 faixas, resultando numa sonoridade acústica, que evoca o clima dos anos 80 de um jeito contemporâneo. À medida que o trabalho ganhava corpo, sentiu a necessidade de retomar o trabalho da banda nos palcos, viabilizando a divulgação do disco. Surgiu daí a nova formação do Caixaprego, atualmente contando com Erika Alíbio (voz), André Mâncio, (violão aço e guitarra) e Tadeu Kirch (baixo), além de convidados como Dúnia Elias (piano), Leonardo Ribeiro (violão e voz) , Otávio Segala (violão e voz), Mateus Mapa (flauta) e Ricardo Arenhalt (bateria). Com a nova formação, O Caixaprego fez as seguintes apresentações:
? Lançamento CD Trem da Utopia. Teatro Renascença, Porto Alegre, 31/3/2011.
? Lançamento CD Trem da Utopia. Teatro do SESC, Lajeado RS, 21/5/2011.
? Teatro de Arena (Porto Alegre RS), Projeto Vaia Autoral, 8/12/2009. Participação especial de Leonardo Ribeiro (voz e violão) e Maurício Tibé (flauta).
? Teatro EMAC - Campus II UFG (Goiânia GO), IV Projeto Intercâmbio Empório da Música, 26/11/2009;
? Bar Beco das Garrafas (Porto Alegre RS) 31/3/2009;
? Instituto dos Arquitetos do Brasil-IAB-RS (Porto Alegre RS) Dia do Arquiteto, 11 dez. 2008.
? Café Mundo Paralelo ? Casa dos Bancários (Porto Alegre RS) 19/11/2008;
? Teatro de Arena (Porto Alegre RS) Projeto Vaia Autoral (abertura), 1/4/2008.

CD TREM DA UTOPIA
Onde encontrar o CD: Livraria Cultura www.livrariacultura.com.br
Distribuidora Tratore www.tratore.com.br
Mais sobre Álvaro Santi & O Caixaprego: www.myspace.com/alvarosanti
Contato com o autor: asanti@cpovo.net
Contato com a produção: Silvia Abreu (MTB 8679-4) (51) 92772191 / 84869779 silviaabreu.comunica@gmail.com

Playlists relacionadas

Contrate

Alvaro Santi

(51) 8422 - 7202http://www.myspace.com/alvarosanti
Home