EstiloForró
Cidade/EstadoJuazeiro / BA
Plays104.842plays
Tamanho
Imprimir

Dom Quixote Nordestino

Composição: Araujo Filho

Venho do reino equivocado da saudade Lá onde impera o império da solidão Pra defender a liberdade essa menina Que me ilumina me ilumina o coração Minha armadura é de ouro meu tesouro Guardo nas pontas do espin do mandacaru A minha espada é uma faca peixeira Que corta de Juazeiro à Caruaru É um raio, é um risco no céu É um cisco no olho, é um corisco É um conselheiro, é um lampião clareador É uma luz, é uma cruz, é um destino É Dom Quixote Nordestino no seu jegue voador No meu jumento voador desmancho léguas Guardo as estrelas que colho no meu chapéu Pra fazer um rosário e matar a saudade Da princesa liberdade crucificada no céu Minha viola não tem cordas nem navalhas Cada ponteio derruba um batalhão São sete notas são sete mil desmantelos Amarro a vida nas linhas da minha mão São sete notas são sete mil desmantelos Amarro a vida nas linhas da minha mão É um raio, é um risco no céu É um cisco no olho, é um corisco É um conselheiro, é um lampião clareador É uma luz, é uma cruz, é um destino É Dom Quixote Nordestino no seu jegue voador

21.502

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica