Atitude Feminina

Cidade/EstadoBrasília / DF
Plays4.637.169plays
Tamanho
Imprimir

Enterro do Neguinho

Composição: Atitude Feminina

Aí Neguinho, vou sentir saudade de você A malandragem na quebrada nunca vai te esquecer E Deus perdoe os humildes de bom coração A vida ensina: De que vale o crime, irmão? Aí Neguinho, vou sentir saudade de você A malandragem na quebrada nunca vai te esquecer E Deus perdoe os humildes de bom coração A vida ensina: De que vale o crime, irmão? Quem não se lembra do Neguinho da favela Que quis morrer na batalha, do que viver numa cela Ao longe vejo um cortejo, hoje é dia do enterro Em sua homenagem é que agora eu escrevo As lágrimas rolam molhando todo o papel Ao relembrar sua vida e o seu destino cruel Será que meu Deus do céu perdoou seus pecados? Tomara que Jesus Cristo não pegue muito pesado Respeitado na quebrada pelo seu jeito de ser Sorriso sempre aberto, sem deixar transparecer Sua preocupação com a sua família Pra não deixar nada faltar pra velha Dona Maria A cachaçada de domingo já era de lei Dreia, Coca, dominó e os 3 kg de acém Juntava a rapaziada na caixa amplificada Rolava rap nacional, Um Homem na Estrada Sem emprego, sem medo, mas assim ele vivia Um 3 janelas na cinta só pra fazer correria Tatuagem nos braços, a pele escura, é sem chance Na 4º série um bom salário é um sonho distante Se meteu numa fita com os camaradas da área Se deu de bem, ficou bonado, hoje vai ter feijoada Chama as dona do Atitude só pra comemorar E avisa que o Neguinho hoje vai patrocinar Aí Neguinho, vou sentir saudade de você A malandragem na quebrada nunca vai te esquecer E Deus perdoe os humildes de bom coração A vida ensina: De que vale o crime, irmão? Aí Neguinho, vou sentir saudade de você A malandragem na quebrada nunca vai te esquecer E Deus perdoe os humildes de bom coração A vida ensina: De que vale o crime, irmão? Pessoas chorando, velório, cheiro de vela O preto predomina, é tristeza na capela Mas deixa pra lá, eu volto a relembrar Momentos que na mente pra sempre vão ficar Ele era como o Santo Cristo, mas nasceu no DF Não entendia a vida, se perguntava, moleque Porquê da desigualdade, preconceito covarde Preto, pobre, fora da sociedade Se emocionava ao ver os filmes do Lampião Histórias da vida do justiceiro ladrão O rei do cangaço, não era homem de aço Numa casinha armada, recebeu vários balaços Morreu de braços dados com a sua dona Amor bandido, traição, Neguinho se emociona Se espelhava no mais forte, sem ter medo da morte Cascavel do DF e pronto pra dar o bote Aí Neguinho, vou sentir saudade de você A malandragem na quebrada nunca vai te esquecer E Deus perdoe os humildes de bom coração A vida ensina: De que vale o crime, irmão? Aí Neguinho, vou sentir saudade de você A malandragem na quebrada nunca vai te esquecer E Deus perdoe os humildes de bom coração A vida ensina: De que vale o crime, irmão? O destino traçado, estava predestinado A servir de exemplo pra aqueles que ficaram E só sobraram as lágrimas, dor e a saudade Ferida aqui não cicatriza, ódio no peito que arde E segue o enterro, eu vejo o desespero Da sua dona chorando, a maquiagem escorrendo Os seus olhos inchados, já toda descabelada E o seu filho do lado, que sempre perguntava Por que meu pai não acorda, mãe? Balança ele! Ele deve tá brincando, joga água nele! Porque você tá chorando? Você nem se machucou! Ó o que me pai trouxe, um monte de flor! Cada um numa alça, é hora da despedida E todos se abraçando, presenciando a descida No caixão na cova e uma tristeza profunda De ter perdido um chegado, um companheiro de rua Mas é assim, a vida passa como chuva de verão E fica sempre um vazio, um aperto no coração Falta uma estrofe na canção, falta palavras no poema Mais de mil me ouvindo, mas falta sua presença Como piada sem graça, é como um rap sem rima É como se eu não tivesse mais Atitude Feminina A vida ensina e você tira sua conclusão E eu te pergunto: De que vale o crime, irmão? Aí Neguinho, vou sentir saudade de você A malandragem na quebrada nunca vai te esquecer E Deus perdoe os humildes de bom coração A vida ensina: De que vale o crime, irmão? Aí Neguinho, vou sentir saudade de você A malandragem na quebrada nunca vai te esquecer E Deus perdoe os humildes de bom coração A vida ensina: De que vale o crime, irmão?

683.922

plays

Comentários

Filtrar Por:

Playlists relacionadas à musica

Atitude Feminina

Cidade/EstadoBrasília / DF
Plays4.637.169plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesUlisses Santos e outros 3.107 ouvintes
Fã-clubeUlisses Santos e outros 1.402 fãs

Comentários

Filtrar Por:
AninhaBacking Vocal
HellenVoz

Release

O grupo teve a sua primeira formação no ano 2000 e desde o começo chamou a atenção para o lado feminino do movimento HIP HOP, pelo seu engajamento contra Violência Doméstica e discriminação das mulheres de classes mais humildes da sociedade.
Com as fortes letras, as suas músicas conseguiram destaque entre os jovens da periferia, Rádios Comunitárias e Produtores de eventos, sendo muito requisitadas para apresentações em todo o Distrito Federal, no Entorno e cidades como, Cabeceira de Goiás, Cristalina, Cabeceira Grande, Formosa, Palmital (GO), Buritis, Unaí, João Pinheiro, São João da Aliança, Ouro Preto, Patrocínio, Uberaba, Uberlândia, Araguari (MG), Barreiras (BA), Piracicaba (SP), Monte Alto (SP) alem das capitais de Goiânia (GO), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (BH), João Pessoa (PB), Teresina (PI), São Luís (MA), Palmas (TO), Fortaleza (CE), Rio Branco (AC) e fora do Brasil em Mindelo na Ilha de São Vicente Cabo Verde na África.
Antes de lançarem seu próprio CD, o grupo teve quatro músicas executadas em todas as Rádios Comunitárias e programas especializados de grandes FMs do DF e Entorno. Vindas da cidade de São Sebastião periferia do DF, tentam passar em suas letras o máximo de informações – como na música intitulada “Rosas”, em que falam de Violência Doméstica e informam as mulheres de seus direitos – ou conscientizando os jovens de que a criminalidade não é o caminho correto, como na música “De quê vale o crime?”.
Participaram em duas ocasiões no festival Abril Pro Rap (2001 e 2002), concurso a nível nacional com mais de 200 grupos inscritos, estando entre os 15 (quinze) grupos classificados para se apresentarem na final. Em 2005, na 5ª edição do Abril Pro Rap, o grupo se apresentou como convidado especial.
O grupo recebeu da Produtora Na Mira (Rio de Janeiro) o Vídeo Clipe da música “Rosas”, muito utilizado em palestras por várias ONGS. O Vídeo Clipe têm mais de 3.500.000 de acessos no YouTube só nos últimos sete anos.
Ganharam o Premio Hutúz de 2005 com a musica “Rosas” na categoria de melhor demo feminino.
Em 2006 participaram do documentário “Em Comum” do Canal Futura em parceria com o Afro Reggae sobre o Hip Hop do DF.
Participaram dos 5 Festivais de Hip Hop do Cerrado de 2006 a 2013, na Torre de TV em Brasília, com um público de mais de 22.000 (vinte e duas mil) pessoas, assim como da 2ª. e 5ª edições do evento na Esplanada dos Ministérios.
O CD intitulado “Rosas” saiu pelo selo Atitude Fonográfica em Agosto de 2006 e no mesmo ano ganharam o Premio Hutúz como grupo Revelação, apresentando-se no palco principal do Festival junto com grandes nomes do Rap Brasileiro.
Em Março de 2007 gravaram para o Programa Câmara Ligada da TV Câmara, onde o assunto principal em discussão foi a Violência Doméstica.
No mesmo ano se apresentaram no abrigo das mulheres vitimas de Violência Doméstica. Cantaram como convidadas em Março de 2008 no Senado Federal em comemoração ao dia da Mulher, sendo o primeiro grupo de Rap Nacional a se apresentar no Senado transmitido ao vivo para todo Brasil.
Em 2008 se apresentaram com Afro Samba do Grupo Cultural Afro Reggae e Orquestra sobe a regência do saudoso Maestro Silvio Barbato no Teatro Carlos Gomes pelo evento Mostra Brasil Juventude Transformando com Arte no Rio de Janeiro.
Em 2009 se apresentaram na inauguração do shopping popular do DF e na Esplanada dos Ministérios pelo Dia Nacional de Combate à Violência Contra a Mulher. No mesmo ano ganharam o Premio Hutúz 10 anos como grupo Revelação do século.
Em 2010 participaram do Fórum Hip Hop Mulher em São Paulo onde lançaram o documentário, curta-metragem e videoclipe “Enterro do Neguinho” que já tem mais de 12.200.000 acessos no YouTube e receberam o prêmio Hip Hop Zumbi em 2010 e 2011 além do prêmio Preto Goéz do MinC.
Em 2011 se apresentaram no aniversário de 51 anos de Brasília. E por causa da nova musica “Linda” foram convidadas para se apresentarem no Dia Nacional de Luta contra o Abuso e Exploração sexual de Crianças e Adolescentes na Esplanada dos Ministérios.
O grupo gravou o primeiro DVD em 2011 na sala Villa Lobos do Teatro Nacional Claudio Santoro – Brasília.
Em 2012 o grupo gravou seu 3 videoclipe com o conceituado cineasta Vrass77 da musica "Mulher Guerreira"que têm a participação de Renan Inquérito. O grupo iniciou sua carreira internacional fazendo um grande show em Mindelo na ilha de São Vicente em Cabo Verde África.
No início de 2013 lançaram o 4 videoclipe "Direitos Abstratos"com participação do Provérbio X. Uma celebração aos Direitos Humanos e em novembro de 2013 lançaram o primeiro videoclipe acústico gravado em estúdio da musica "Mantenha a Calma" que faz parte do novo CD intitulado "Desistir Jamais" lançado em Abril de 2014. O grupo acaba de lançar um novo videoclipe gravado em 2012 em Mindelo na Ilha de São Vicente em Cabo Verde África com participação do artista local "Element D". Apos o lançamento do novo CD fizeram os programas de TV "Manos e Minas" TV Cultura "Combo mais joga" Play TV e se apresentaram nas Fábricas de Cultura de Vila Nova Cachoeirinha e Jardim São Luis em SP e no SESC Vila Mariana SP.
Em 2015 lançaram o segundo videoclipe acústico da música “Fala comigo”. Nesse mesmo ano teve o lançamento do DVD intitulado “Nossa Historia” sendo o primeiro DVD de um grupo feminino de rap com conteúdo próprio lançado no Brasil.
A partir de 2017 o grupo prepara a gravação do projeto "AFPX" um trabalho junto com o grupo "Provérbio X" e seu terceiro CD.
A primeira música de trabalho intitulada "Sobreviver Primeiro"e foi lançado dia 8 de Março de 2018.

Playlists relacionadas

Home