Imagem de capa de Avanço

Avanço

Cidade/EstadoSão Caetano do Sul / SP
Plays16.418plays
Tamanho
Imprimir

2017

Composição: Jãoreg, Hugão

[Intro - Sabotage] [Hugão] Sabedoria, faça o contrário da dor Lute pela liberdade, lute pelo seu amor Faça sua caminhada neguin, vê se não cai Dê orgulho pra sua família, pros seus amigos, sua mãe e seu pai Situação de hoje, chega a dar desgosto Você trampa das sete às nove, pra ganhar pouco e pagar imposto Então abre o olho rapaz, tenha esperança Que o poder da nossa voz pode fazer a mudança Tirar esses vacilão, que gastam nosso dinheiro Que estão na Europa vendo a desgraça e rindo o dia inteiro Muitos julgam tudo e todos por falta de informação Mas acredito que somos capazes de ser a solução [Refrão] O rap é compromisso, não é viagem Eles se inspiram em modinha e eu me inspiro em Sabotage [Hugão] Só pensam em fazer rap pra poder comer mais mina Sendo que o rap de verdade, te penetra pelas linhas Através do pensamento que passa informação Através da simples letra feita com o coração De um moleque novo que não esquenta com vaidade Que não pensa em qualquer merda e sim na realidade Realidade que é vivida entre becos e vielas E a falta de condição que tem dentro das favelas E o boyzinho, gastando quatro mil em um iphone Sendo que tem gente inteligente nas favelas passando fome Muito sangue bom que ta vivendo por lá Igualzinho ao seu João que acorda às seis pra trabalhar Um pedreiro esforçado, um rapaz muito firmeza Que além de trazer felicidade, também traz comida pra mesa E ele não tem tempo nem pra bater uma bola Ele usa esse tempo pra ajudar os filhos com os trabalhos de escola E eu sei que muitos não vão ligar para o que eu digo Mas essa, é a realidade que eu vivo E que todo sentimento ruim nunca seja exposto Pois amor ao próximo não é sujeito simples, e sim composto [Jãoreg] E eu com os dois pés, na cara dos boroca Cheguei traçando linha, vocês traçando nota Os menor atrás de cota, devendo o agiota Vocês atrás de xota, devendo os maloka Eu vim traçando rota, vocês levando bota Cês paga de Marcola, tão mais pra idiota Enquanto no meu fone só toca o sabota Não vem com rap lixo e nem de ideia torta E eu desespero atrás do meu destino Enquanto cês aí vendendo rap lixo Só olham o próprio umbigo, não ajuda os amigo E eu fazendo rima pra te livrar do vício Meu vício é boombap, eu sigo ouvindo uns rap Procurando avanço, com os mlk Mec Rezando pros pivete, rimando com as clap Viajando nas águas do mar mais que o Flap Jack E eu sempre procurei diferenciação Atrás de coisas belas, rimando nos meus sons E o Brasil tá foda, gente sem condição Gente que se mata e não consegue nem um pão E cês tudo loucão, na festinha mó micão Enquanto acordada sua mãe na oração Que Deus proteja meu filho, o livre da vaidade E que ele nunca caia no mundo dessa maldade [Refrão] O rap é compromisso, não é viagem Eles se inspiram em modinha e eu me inspiro em Sabotage

2.893

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica