Bia Doxum

EstiloMPB
Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays28.966plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesNilson De Almeida Almeida e outros 157 ouvintes
Fã-clubeLucia Montovani e outros 9 fãs

Comentários

Filtrar Por:

Release

Bia Doxum é uma cantora e compositora da zona leste de São Paulo. Como quem já sabe ao que veio ao mundo, lançou seu primeiro EP Boletim de Omissão aos 15 anos e mais tarde seu primeiro álbum, Máquina Que Gira, muito influenciada pelo movimento hip-hop e pela literatura periférica que se ploriferava nos saraus das periferias de São Paulo. Sua música permeia pelo vasto universo da música negra, indo do hip-hop ao ijexá, do samba ao soul, e, tem a proposta de unir o jovem ao ancestral, abrangendo temas como intolerância religiosa, ancestralidade e a força da mulher negra no cenário urbano contemporâneo.

Playlists relacionadas

Bia Doxum

EstiloMPB
Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays28.966plays
Tamanho
Imprimir

Catingueira (Prod. Gibin)

Composição: Bia Doxum

Sim, você pode até tentar Mas nada vai me fazer parar Sei tem quem sempre vai tentar Mas nada vai me fazer parar Tudo que podem é tentar Mas nada vai me fazer parar Nada que disser vai poder me parar Nada que fizer vai poder me parar Mainha me avisou por ser quem sou tenho que fazer três vezes melhor Meu pai se foi antes de fazerem pra tua pequena o pior Ao meu redor Vi vários deles vim na sede de fazer eu me sentir menor De tanto que cai e me feri compreendi que levantar é algo que eu já sei fazer de cor Salve seu Zé do Laço que me falou no cangaço nada é fácil Mas nos embaraço dei um nó Se cê me agora nota que na mema hora bate e volta, óh Doxum já deu o nó É que nessas linha tem suor e sangue De quem veio de terras distantes Com os olhos cê não vê quem me acompanha Mas tô certa que cê não pode com minha gangue Minha falange é muito grande Pra quem pensou que o triunfo tá fora de alcance Só viu de relance mas não se zangue Eu tô colecionando conquistas na minha estante Ando tomando meus banho de levante Por onde vou sempre chego elegante Minha presença muda qualquer instante Assim transformo dores em diamantes Sim, você pode até tentar Mas nada vai me fazer parar Sei tem quem sempre vai tentar Mas nada vai me fazer parar Tudo que podem é tentar Mas nada vai me fazer parar Nada que disser vai poder me parar Nada que fizer vai poder me parar Ei Nada que fizer vai poder me parar Nada que disser vai poder me parar Nada que disser vai poder me parar Nada que fizer vai poder, ei Eles se perguntam como ela faz? Como ela faz? Muda a estação Como é capaz? Eles se perguntam como ela faz? Como ela faz? Muda a estação Como é capaz? Ela faz chover Ela faz, ela faz Chover! Chover! Ela faz chover (é) Ela faz, ela faz Chover! Chover! Na mão direita tinha um espelho Refletiu um segredo A maré dentro do peito fez recuar todo mar... Sei que vários tentam mas não vão fazê-la parar Nada que fizer vai fazê-la parar Nada que disser vai fazê-la parar Sim, você pode até tentar Mas nada vai me fazer parar Sei tem quem sempre vai tentar Mas nada vai me fazer parar Tudo que podem é tentar Mas nada vai me fazer parar Nada que disser vai poder me parar Nada que fizer vai poder me parar Nada que fizer vai poder (ei) Nada que disser vai poder (pode até tentar, ei) Nada que fizer vai poder Nada que fizer vai poder me parar Nada que disser vai poder me parar

4.032

plays

Comentários

Filtrar Por:

Playlists relacionadas à musica

Home