Imagem de capa de Black Speare
Black Speare

Black Speare

Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays5.119plays
Tamanho
Imprimir

Amigo Da Onça

Composição: Emerson da Silva oliveira

Amigo da Onça Conheço um camarada que não sei se é mesmo um camarada, Algumas vezes já me deixou em roubada De vez em quando a gente se cruza em algum rolé, várias pisadas nos esquemas, tu precisa ver Diz que sabe tudo de conquistar mulher na sua ideia fraca só cai a mina que quiser Ninguém se importa com o Zé Mané muita distância dele é o que a galera quer Se veste mal, cara de pau, fila cerveja esconde a grana na cueca pra que ninguém veja Que ele tem, algum também, só vive assim ficar ao lado desse cara, pega mal pra mim Um dia eu estava no xaveco de uma gata coisa de louco, de corpo não era fraca Há muito tempo eu rondava o filé mignon, beber do mel da sua boca, seria tão bom Chega o onça e diz: que a matriz me procurava, a outra de cara feia só me olhava Eu fiquei sem jeito, não dava para crer, a deusa grega, eu acabava de perder Esse cara não é mesmo de responsa Com certeza ele é amigo da onça Nem Vem! Amigo da onça! Nem Vem! Fica longe de mim! Nem Vem! Amigo da onça! Sai da minha! Sai da minha! Sai!!! Certa vez a gente se encontrou em um pagode Onde quem sabe dança e quem não sabe faz o que pode Quando eu cheguei, o chato já se encontrava e eu só fiquei, Pois era um amigo meu quem lá tocava Lá pelas quatro, cansado, estava indo embora ele pediu uma carona ia sair fora Claro nunca nego carona pra ninguém mesmo sabendo pra quem era eu disse tudo bem Mas vejam só o que ele aprontou com uma tal de Josefina o onça se arrumou Disse pra ela estou de carro e levo vocês não era uma apenas, haviam três Eu fiquei louco, mas não sou de brigar vivo de paz, amor e sexo e de trabalhar Aborrecido dei início a aquela romaria fazendo a promessa de que ele pagaria um dia Deixa uma gata aqui, outro dragão ali seis horas da manhã uma vontade imensa de dormir Mais uma noite perdida, um novo alvorecer não catei, comi ninguém, ainda banquei o chofer Esse cara não é mesmo de responsa Com certeza ele é amigo da onça Nem Vem! Amigo da onça! Nem Vem! Fica longe de mim! Nem Vem! Amigo da onça! Sai da minha! Sai da minha! Sai!!! Sinceramente amigo sinto pena de você Já pensou por um momento, ir procurar se benzer Sei lá de repente uma oração cai tão bem e manda embora essa zica já no próximo trem Mudar a cor da sua casa talvez possa ajudar desligue a campainha, mande dizer que não está Que você, foi visitar um amigo de infância que está doente e reside na Finlândia Eu não sei o que realmente acontece quando menos espero o coisa ruim aparece Às vezes tenho vontade de dizer se liga cara: faça o favor de me esquecer Mas eu não consigo e o que é pior pede minha emprestada, empresto, pois fico com dó Será que é um karma? Ou é minha sina? Será que estou passando alguma provação divina? Será que cometi algum pecado no passado e que por isso eu esteja sendo castigado? Será que a vida é um júri e eu sou o réu? Sendo julgado para ver se vou pro céu… Esse cara não é mesmo de responsa Com certeza ele é amigo da onça Nem Vem! Amigo da onça! Nem Vem! Fica longe de mim! Nem Vem! Amigo da onça! Sai da minha! Sai da minha! Sai!!!

3.746

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica