Brancoala

Brancoala

Cidade/EstadoSantos / SP
Plays396.392plays
Tamanho
Imprimir

Sou Caiçara

Composição: Brancoala

Nascido em santos, eu fui criado na praia Quando era moleque era chamado de caiçara Não entendia por que me chamavam assim Eu não gosto do sol, ele não gosta de mim Eu odeio calor, minha pele não aguenta Embaixo do guarda-sol passava protetor 50 Enquanto todo mundo ia pra água Eu ficava na areia, só cuidando das toalha Me lembro bem como o trauma começou Fui tentar pegar uma onda mas a onda me pegou Tomei um caldo, fui parar a uns 9 metros Perdi o rumo, não sabia mais onde era o teto "Moleque doido, não vai pra água não!" "Você comeu agora, cuidado com a indigestão!" Entrei na água pra pegar um jacaré Mas saí com um galo na cabeça e um caranguejo no pé Sou caiçara, nasci na praia e tenho o poder De ficar branco o ano inteiro e não morrer Na batalha minha fé não falha, eu sei viver Sem sandália, chapéu de palha, vou te dizer Santos, Praia Grande, Ocean, Vila Tupi Já morei no Samambaia e no fundo do Melvi Não me conhece, acha que eu sou paulista Deve ser pela cor, deve ser moralista Na baixada não é fácil ser branquelo Era tachado de azedo, desbotado, magricelo Fazer o que, ia vivendo na vivência Difícil mesmo era viver com a violência "Moleque doido, cuidado com arrastão!" "Se alguém chegar pra te roubar segura minha mão!" A minha mãe, sempre preocupada É que tamo no brasil, né, ela tá ligada O país onde o branco com playboy é confundido E o negro todo dia é confundido com bandido Não tô aqui pra falar de preconceito Esse assunto já é utopia, não tem mais jeito Sou caiçara, nasci na praia e tenho o poder De ficar branco o ano inteiro e não morrer Na batalha minha fé não falha, eu sei viver Sem sandália, chapéu de palha, vou te dizer

15.898

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica