Caco Mendes

EstiloMPB
Cidade/EstadoRio de Janeiro / RJ
Plays1.616plays
Tamanho
Imprimir

Samba Do Amor Verdadeiro

Composição: Caco Mendes

Samba do Amor Verdadeiro (Caco Mendes) João é o malandro, o bacana, o tal 171 Engana, trapaça, tem fama de ser Muito bom no que faz Seja na lama, na faca, na cama Sempre se dá bem Grana tá curta, ele diz, tomo de quem tem Maria é a vadia bonita na mesa do bar O copo na mão espanta a solidão Faz dinheiro chegar Então vê carteira batida Malandro em ação A vida é dura, ela diz, quero o meu quinhão E a vadia corre e sacode o malandro Toda cheia de graça Mas o malandro ri da mistura de medo Sedução e cachaça Maria tem doce veneno no batom João faz do charme o seu moet chandon Os dois se agarram, se amarram Para nunca soltar A vida é curta e ninguém Quer esperar Se a vadia troca amor por dinheiro Malandro nunca paga Mas eis que nesse dia o amor verdadeiro Nasceu em meio à farsa É, a grana acabou Malandro, vadia e o verdadeiro amor É, a farsa acabou Malandro, vadia e o verdadeiro amor Maria bonita só pensa em casar João, o malandro, até em trabalhar Malandro, vadia, o crime e o perdão A vida é boa para quem tem uma paixão É, a farsa acabou Malandro, vadia e o verdadeiro amor É, e a grana acabou Malandro, vadia e o verdadeiro amor Agora eu quero ver...

318

plays

Comentários

Filtrar Por:

Playlists relacionadas à musica

Home