Juíz Sofrimento

Selma Delago

Composição: Selma Delago

Ah...! Eu sinto um amor
Maior do que eu mais forte que o tempo
Por mais que eu insista em não pensar
Você sempre está no meu pensamento
Será que é possível não lembrar
Dos momentos que vivemos
Dos lampejos que existiam sem chover
Adrenalina do querer

Será que vamos ter que apagar
O que o corpo aprendeu como lição
Que amar é muito mais que se querer
É nem perder nem ter razão
Que amor é muito mais que se envolver
E ter da alma a permissão

Então, me diz quem é que vai cuidar
Do meu coração tristonho
Encontrar o meu olhar que se perdeu
Deve estar dentro do teu

E eu, irei calar ou vou gritar
Depois brigar contra o tempo
Que sem pernas nem vontade de correr
Faz da distância um tormento
Que sem pernas nem vontade de correr
É o juiz do sofrimento

Será que é possível não lembrar
Dos momentos que vivemos
Dos lampejos que existiam sem chover
Adrenalina do querer

Será que vamos ter que apagar
O que o corpo aprendeu como lição
Que amar é muito mais que se envolver
É nem perder, nem ter razão
Que amor é muito mais que se querer
É ter da alma a permissão

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (6)

Fotos (14)

Clipes (11)

Release

ReleaseCarol Cunha

Carol Cunha (São Luís, 1983), cantora, compositora e professora de Música e Teatro, dedica-se ao estudo musical desde os 12 anos de idade, destacando-se em 2001 quando, junto com o grupo de samba Ciranda, venceu em 1º lugar nas categorias de melhor música e melhor intérprete o Concurso de Pagode promovido pelo Programa Maranhão TV (TV Difusora/SBT).

Desde 2002 compôs parceria musical com sua irmã, na dupla CAROL & ANA TEREZA, com repertório que combina clássicos da MPB, samba e chorinho, recebendo neste mesmo ano prêmio na categoria ‘Talento da Noite’, no Prêmio Universidade FM (Rádio Universidade).

Em 2003, no III Festival Maranhense de Músicas Carnavalescas (Sistema Mirante de Comunicação/Rede Globo), a dupla recebeu prêmio ‘Melhor Intérprete’ e 1º lugar com a música PAIXÃO E ...

Continuar lendo>>