À Deriva

Ivan Halfon / Jan Kossobudzki

Naquele barco não havia timoneiro
e uma bandeira erguia seu coração
que para o vento batia acelerado
já conformado de sua estranha condição

Quem te deixou nesse mastro à deriva
sabia nada de navegação

Enquanto recortava os mares mundo afora
nenhuma vela indicava direção
E ao redor havia apenas sal e água
e aquele estado de tamanha solidão

Quem te deixou nesse mastro à deriva
sabia nada de navegação

Durante anos nem sequer avistou terra
a qual já era a essa altura uma ilusão
Nenhuma bússola, um mapa ou mesmo um leme
Seguia apenas sua própria pulsação

Quem te deixou nesse mastro à deriva
sabia nada de navegação

Músicas mais acessadas

Fotos (16)

Clipes (1)

Release

Confraria da Costa, firme e forte nas raízes do tradicional rock n´roll do século XVI.

O rock pirata vem passando de navio em navio, geração após geração, desde 1572 (setentista!).

Não se sabe exatamente em qual costa o moviento começou, mas há relatos de representantes da Confraria em Curitiba, Paraná (apesar da ausência total de costa).

Graças aos novos adventos da tecnologia, algumas músicas puderam ser passadas para o formato de cd, que foi lançado em 2010.

Manda a tradição que o som deve ser sempre acompanhado de rum.

"Seu som celebra as aventuras e desventuras do mar, do convés aos porões dos navios piratas bêbados, fazem das canções um motivo de alegria, uma festa de bombordo a estibordo, da proa à popa. (…) Contém altas doses de rum ...

Continuar lendo>>