Corcel 69

EstiloRock
Cidade/EstadoSanto André / SP
Plays4.169plays
Tamanho
Cifra
Imprimir

Selva

Composição: Victor Fernandes / Albert Altenhofen / Tomas Romão

Essa cidade é uma selva Uma selva de pedra Onde poucos brigam por muito E muitos brigam por muito pouco Eu quero é pegar o primeiro Caminho de terra que eu encontrar Cheirar o pó dessa estrada E na boca só um cigarro de palha Me leva pra selva Me deixa na selva Me larga na selva 2x Essa cidade é uma selva de pedra É capitalismo selvagem Na rua os carros, no banco o tumulto E no meu bolso nenhum puto Não vejo a hora de descer desse prédio E com a macacada sair pra festar Sem sapato terno ou gravata E só a jane pra me amar Me leva pra selva Me deixa na selva Me larga na selva 4x Essa cidade é uma selva Uma selva de pedra Onde poucos brigam por muito E muitos brigam por muito pouco Não vejo a hora de descer desse prédio E com a macacada sair pra festar Sem sapato terno ou gravata E só a jane pra me amar Me leva pra selva Me deixa na selva Me larga na selva 4x

1.025

plays

Comentários

Filtrar Por:

Playlists relacionadas à musica

Corcel 69

EstiloRock
Cidade/EstadoSanto André / SP
Plays4.169plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

Ouvintesjair silva e outros 7 ouvintes
Fã-clubeGilberto André Borges e outros 21 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Victor FernandesVoz, Violão, Programações, Percussão, Guitarra Base, Gaita
Albert AltenhofenViolão, Guitarra Solo, Gaita, Backing Vocal
Diego RibeiroPercussão, Bateria, Backing Vocal
Ver mais integrantes

Release

Idealizada e formada em setembro de 2006, por Victor Fernandes (voz), Tomas
Romão (baixo), Guilherme Meitling (guitarra), Sérgio Ferro (bateria) e Diego Cunha (voz), com poucos ensaios a banda Corcel 69 logo caiu na noite, tocando em bares das cidades de Diadema, Santo André, São Bernardo do Campo e São Paulo, e ficou conhecida por lembrar muito o Pop Rock nacional dos anos oitenta, tanto com suas covers quanto as músicas próprias.

Em 2007 Guilherme saiu. Mas logo Albert Altenhofen ingressou a banda e trouxe uma guitarra mais bem trabalhada e novas idéias, abrindo espaço para a composição de músicas próprias, que logo passaram a ser a marca da banda, sempre lembrando o Rock Brazuca anos 80. Desde cedo a banda intitulou-se Corcel 69, Rock Brazuca, avisando de antemão ao público o que se pode esperar de um show deles.

No ano seguinte a mudança foi nos tambores. Entrou para o time Diego Braga
Ribeiro, e sua versatilidade, com influências que vão desde a MPB até o Hard Rock,
caiu como luva, com uma sensibilidade maior para tocar baladas e músicas mais delicadas. Ainda em 2008 a Corcel 69 caiu na graça de motoclubes e da cena independente das cidades de Diadema e Santo André, e em 2009 produziu um EP
chamado Nada de Novo, com seis canções compostas por Victor, Albert, Tomas, Diego e Sérgio, e gravadas na casa do vocalista. A produção do cd, da gravação até a distribuição, foi totalmente independente, com divulgação boca-a-boca e vendas durante as apresentações.

Em pouco tempo o Rock Brazuca da Corcel 69 ganhou destaque com suas músicas próprias e um repertório que a diferenciou de outras bandas. Enquanto a maioria das bandas insiste no hardcore e no som alternativo, a Corcel 69 segue um caminho diferente, fazendo um Rock and Roll mais direto, com frases e refrões pegajosos, letras polêmicas e procurando sempre um apelo pop.

O ano de 2010 foi turbulento, com desentendimentos internos, um projeto solo do baixista Tomas e problemas pessoais com o vocalista Victor e, após muitas discussões, em dezembro a banda encerrou suas atividades por tempo indeterminado.

Mas em setembro a Corcel 69 fez aniversário e quem conhece sabe que 5 anos
de tanta história e uma obra tão bacana não podem ser esquecidos assim com tanta facilidade. A vontade em Victor, Albert e Diego de voltar a tocar juntos cresceu a cada dia até chegar ao ponto em que é preciso voltar. Recém integrado à trupe, no baixo, Bruno Chaves, velho conhecido do vocalista, é tudo o que a banda precisava para voltar pra valer. Os meninos do Corcel seguem então se preparando para voltar aos palcos, com suas músicas próprias, novas idéias e toda a vontade que deve ter uma legítima banda de Rock and Roll.

Corcel 69 é:

Victor Fernandes ? Voz, violão, guitarra, percussão e programações

Albert Altenhofen ? Guitarra, violão e vocais de apoio

Bruno Chaves ? Baixo, programações e vocais de apoio

Diego Ribeiro ? Bateria, percussão e vocais de apoio

Playlists relacionadas

Contrate

Victor Fernandes / Bel Gasparotto

(11) 4479 - 6815 | (11) 6720 - 6562http://www.myspace.com/corcel69
Home