Imagem de capa de Diguetto
Diguetto

Diguetto

Cidade/EstadoPassos / MG
Plays117plays
Tamanho
Imprimir

Passando No Corre

Composição: Diguetto / PrinceZa Amanda

Refrão Estamos passando no corre não gosta nem ligo então morre Diabo na bota, bota cara cara não aguenta toma porre Estamos passando no corre não gosta nem ligo então morre Diabo na bota, bota cara cara não aguenta toma porre Salve aí família cheguei mandando o som O Rap é estrutura lealdade e dom Estamos no corre, e é sem contradição A ideia é uma só para aqueles que tem visão Você tem noção? Só expresso o que eu sinto E o Rap na minha mente fala como um grito E para quem falou que em Passos não tinha nada O Rap estava forte chegando em todas quebradas Eu quero ir além e Eu sei que você quer também Então vamos unir forças sem desmerecer ninguém Se não souber oque falar Shiiiii não fale nada O silêncio é valioso e evita ideia fraca Ai rapaziada só ideia de mil grau Se Eu mando minhas letras não é para ninguém pagar um pau É para evoluir, para refletir Para representar os nossos que não pode vir Assim eu vou seguir para ver aonde vai dar E vou fazer valer enquanto Eu respirar Estou aqui para somar, esse é meu jeito Sempre no respeito Eu e o mano Diguetto Nós estamos aí para fortalecer a cena Para virar o jogo não vivemos de aparência Mas se quiser conquistar truta então se move Para não se intimidar quando nós passar no corre Refrão Estamos passando no corre não gosta nem ligo então morre Diabo na bota, bota cara cara não aguenta toma porre Estamos passando no corre não gosta nem ligo então morre Diabo na bota, bota cara cara não aguenta toma porre Milianos no plano sem perder a essência Papo reto sempre para ter paz na consciência Sou cobrado criticado, mas nunca condenado Tem quem gosta de julgar, mas nunca de ser julgado A mais de cem, com o foco na missão As mãos firmes no volante atento na direção Contando as de 100 que vou juntando na estrada Desviando dos buracos e de conversa fiada Falador come mosca, desculpe se repito Escrevo o que estou vivendo e vivo o que é escrito Leia mais livros busque veracidade Não perca autenticidade fuja da vaidade De que fonte tu bebes aguá limpa e saborosa Conhecimento te livra de perguntas capiciosas Autoconhecimento, traz brilho em sua face Raizes profundas ajuda na resistência Ao contrário do afofado emocionado homem alface Com raízes tão razas que somem em qualquer vento Levada envolvente só ideia quente, Respeito presente que preserva os dentes, Com a rima no pente, papo consciente, Plantando a semente pros meus descendentes, Salvando essa gente, menor carente, Batendo de frente com vermes patentes, Irmão ta ciente, tem quem não entende, Atrasa nem sente perreco indecente, Não mósca nem tente, sou sobrevivente, Pisando em serpente, então saia da frente Saia da frente, vamo que vamo Refrão Estamos passando no corre não gosta nem ligo então morre Diabo na bota, bota cara cara não aguenta toma porre Estamos passando no corre não gosta nem ligo então morre Diabo na bota, bota cara cara não aguenta toma porre

1

play

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica