Drôga - L1

Cidade/EstadoCampo Limpo Paulista / SP
Plays92.495plays
Tamanho
Imprimir

Somos todos iguais

Composição: Pedro Gabriel Soares

A violência na periferia aumenta a cada dia antes de existi policia a violência não xistia se tiver um preto e um branco dentro de um mercado Se o Branco roubar algo o preto que é acuzado ta errado não aguento mais ficar calado Em ver meu povo esquecido deixado de lado em eleição prefeito abre o sorrizão Ergue a mão assena pro povão promete as coisa que talves nem saiba que exista Que foi escrita pela sua secretária que é racista imagina como que pode ser tão egocentrico se esse é o papel dele esse filme eu não aguento As cenas vão se passando outros que vão colando uma corrupição como um élo vai se formando Deixando os cidadão sem opção opnião. sem ter escolha própria nem dizer sim ou não O meu relógio resolveu ficar de folga e olha que essa poha aqui nem é de da corda O tempo voa levando com ele todos meus sonhos O que era conto de fadas se tornou um conto medonho A cada dia que passa 1 apos o outro eu péço ó pai Paz para o meu povo Esse povo nobre que tanto réza ao senhos o povo que acredita o povo pobre sofredor Aqui na periferia somos todos iguais Seja filho seja tia seja mães ou sejam pais guerreiros só vendo para crer batalhadores até mesmo porque... A revolta em minha volta como escolta se aloja que é lágrimas congeladas como pédra o olho solta Escorrega no rosto rasgando minha face e a dor que eu escondo em um sorrizo de desfarce Pra se sobrevivente no meio dessa guerra Me enturmo do um jeito to entrozado com a galera Aqui no ghetto eu nunca vi desunião é mó humildade carinho e compaixão A não ser zépolvinho Só sentinela Ao lado do telefone ou na janela (ólha la ólha la) pronto pra ganha uma fita e caguetá Zé polvin que você vivo e com raiva pra matar Uns dizem: Po pedro se increvi tudo errado Foda-se esse é u meu vocabulário Se tu ta incomodadu Tenta fazer uma letra E chegar aonde eu cheguei vai seu zé buceta Então quem sabe, começa ver por outro lado Tudo qui é com esforço é mais valorizado O cara pra ter confiança demora mó tempão pra perder essa confiança é um segundo meu irmão Senta ai e relaxa esqueça sua volta olhe para frente pegue sua pipoca Então abre as cortinas vamos começa mostra o ghetto aí, que eu vou apresentar Aqui na periferia somos todos iguais Seja filho seja tia seja mães ou sejam pais guerreiros só vendo para crer batalhadores até mesmo porque... O amor que tem no coração da gente que nos fas acreditar e viver mais contente Entende em vés de saca da quadrada Olhe quem está contigo e verá que não vale nada Hoje em dia ta embaçado diz ae né não ? Sinto falta da época que eu era sem noção quando arrumava briga e saia na porrada hoje em dia é diferente qualquer coisa é na bala muitos manos que eu conheço subiram por nada após brigas tiroteios em saídas de baladas to suave de treta o negócio é união O povo fala de Deus mãs não busca a salvação Eu to caréca de saber que jesus ta pra chega Não preciza Testemunhas de jeová me aviza Fazendo perguntas me arrastando pra igreja eu so católico poe isso em sua cabeça As vezes eu vo pra igreja fasso minha parte Só quem ta comigo no dia dia que sabe O tamnho da fé que eu carrego comigo Me divirto e divido com os meus amigos Aqui na favela tudo é meio diferente O povo aqui também ama e são contente E eu aplaudo esse povo que faz por merece O povo de bem até mesmo porque... Aqui na periferia somos todos iguais Seja filho seja tia seja mães ou sejam pais guerreiros só vendo para crer batalhadores até mesmo porque...

13.921

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica