Imagem de capa de Elliã

Elliã

EstiloMPB
Cidade/EstadoSão João de Meriti / RJ
Plays764plays
Tamanho
Imprimir

Descaso

Composição: Eliã Costa

Vai, não importa aonde Só leva embora a minha dor De não saber mais aonde ir Pelo horizonte, vai Ver de longe o sol se pôr Sem temer a noite cair A gente não tem muito para onde ir Vive pra trabalhar, luta pra conseguir Um pouco mais de paz Não sei por que tem vida valendo mais E a gente fica pra trás Que nem museu... E pra piorar Quer que eu volte pro barro Antes de Deus mandar Com a lama e um trato Vem me afundar E no final de tudo é só pagar Pelo horizonte, vai Ver de longe o sol se pôr Sem temer a noite cair Até ver que o sol nasceu E você nem percebeu Que eu estava sempre aqui O Negro que agora é Rubro O fogo do clube fez brilhar Quatorze, quinze anos Jogados na fogueira Mas pra eles serão só danos Mais uma caveira para indenizar Vai, até quando a gente irá Lamentar mais uma vez Debaixo de outro cobertor E caso o descaso consuma A carne profunda do teu ser No peito, é a saudade que mata É a tristeza que escarra na cara De quem já perdeu.

764

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica