ERASMO CÉSAR & RHAFAEL
EstiloSertanejo
Cidade/EstadoPompéia / SP
Plays57.983plays
Tamanho
Imprimir

CHALEIRA PRETA - RAIZ

Composição: erasmo cesar

Ouvindo a chaleira chiando no fogo Tive um desafogo no meu coração Lembrando da lida com meus companheiros Nos muitos janeiros da vida de peão A chama subia embalando a mente Trazendo ao presente a recordação Da marcha vigília na antiga pousada O som de um berrante e o mugir da boiada Do rodeio e doma de um potro pagão No braseiro vivo do fogão de barro Acendi um cigarro de palha de milho Deitei-me na rede amarrada no gancho E a luz do rancho foi perdendo o brilho Um raio de lua clareou no esteio Mostrando o arreio todo empoeirado O vento tiniu na roseta da espora Balançou o cantil amarrado na escora Eu senti na brisa o cheiro do gado Fiquei revirando o apeiro guardado Vi o lenço manchado com marcas de poeira A capa de chuva toda amarrotada E a bota surrada na vida estradeira A guampa torneada de um boi pantaneiro Baldrana e baixeiro com fios de pelo O chapéu de palha no prego do esteio Um laço comprido que nunca fez feio E o quarenta e quatro que guardo com zelo A chaleira fez um silêncio profundo Eu voltei pro mundo da realidade Se a modernidade apagou minha glória Deixou na memória um baú de saudade Quem viveu na estrada sem ter paradeiro Hoje é um prisioneiro da grande cidade Aqui tenho tudo o que antes não tinha Conforto, comida e a roupa limpinha Mas vivo distante da felicidade

4.994

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica