O mal que sou eu

Fábio FG

E eu só faço uma oração
Vou pegar minhas esperança e lançar em ti
Vive em mim, sonha em mim
E me pare quando eu quiser ouvir o mal que sou eu

Eu preciso da tua mão
Pra me salvar de onde eu caí
Pois eu não confio mais em mim
Meu caminho só me leva o fim
Eu não sou capaz de me derrotar
(De matar o mal que há em mim)

Eu demorei pra achar o meu inimigo
Levei balas, tiros, eu encarei perigos
No campo de batalha, sem saber a direção
Eu me senti vencido por não tem um sentido pra ir
E te que atirar sem conhecer quem tá na mira
Por que a fome de viver da alma não se tira
É perceber que aliados sofreram por mim
É triste ver que a guerra sempre termina assim

E as histórias me fizeram acreditar
Que eu era o general, louvado pela tropa
Que eu venceria sempre, que eu não perderia os meus
E comigo eu só pensava "na minha honra ninguém toca"
Pra mim o mal era chifrudo e vermelho
Nunca pensei que houvesse outra força pra ter que lutar
Mas a vida fez eu ver que aquele mal era real
Mas havia mais um inimigo que eu achei no espelho

E ele era bem forte, nunca perdia
Cada movimento que eu fazia ele conhecia
Conseguiu me jogar pra onde ele queria
Faria de tudo pra que eu não ouvisse mais ninguém
Tive que passar pela terrível dor
Por que a cada golpe eu mesmo apanhava e era o agressor
Eu percebi que pra ganhar eu tinha que perder
Tive que me ver no chão pra entender o que é vencer

Se não for pela sua mão eu nem sei
Já lutei essa batalha só que hoje eu cansei
Nem que eu tivesse força e a paz de um sensei
Venceria, só eu sei o que eu passei
O homem que é lobo do homem nunca se destaca
Pra que eu vença, por favor, me atire uma bala de prata
E uma estaca, que atinga meu ego
Se é pra viver, pode crer que para a morte eu me entrego

Por que o bem que quero fazer não faço
É forte ver a morte no caminho que eu passo
O mal que eu não quero fazer, to viciado
Posso ir pro fim do mundo que ele vai tá do meu lado
Ou melhor, tá bem aqui dentro de mim
Cê quer ver o culpado, mano, olha pra mim
Por que eu nasci assim ser humano com defeito
Eu só quero consertar essa dor aqui no meu peito

E eu só faço uma oração
Vou pegar minhas esperança e lançar em ti
Vive em mim, sonha em mim
E me pare quando eu quiser ouvir meu eu

Músicas mais acessadas

Fotos (11)

Clipes (4)

Release

Fábio Gonçalves do Nascimento (Rio de Janeiro, 26 de agosto de 1992), mais conhecido como Fábio FG é um rapper, produtor cultural e

produtor musical. Destaca-se pela sua musicalidade rica em elementos sonoros, harmonias e ritmos variados. Grande parte de suas

produções contam com participações de diversos cantores, que acrescentam linhas melódias à cada uma das canções do artista.

Começou sua carreira com o lançamento de uma música (à época, com banda) chamada "Vai lá fora" e, desde então, lançou diversos

singles, cantou em diversos eventos e organizou, como produtor cultural, diversos movimentos em prol da cultura Hip Hop, à exemplo a

"Serrataria" (Batalha do Conhecimento organizada em parceria com a Roa Cultural Arte&Rua), "Batalha do Cinturão" (Batalha de mcs

tradicional) e a Academia Friburguense de Rimas, projeto que acontece ...

Continuar lendo>>