Finitude

Cidade/EstadoAracaju / SE
Plays35.005plays
Tamanho
Imprimir

Ruins To The Ground

Composição: Musica: Djalma Moreira; Letra Marcelo Menezes

Ruins to the Ground Inside I have no feelings or doubts At least I pretend to My wide open eyes are trying to understand this inevitable truth The Earth cries feeling all the pain that the ages injected in its life Disasters around... we may not be able to stand or survive immersed in this hell We created it I can´t hold my cry and instantly drops a tear full of regrets and hate Hate about me doing nothing while my world succumbs in The judgment day is an answer to all irresponsible acts And now the nations face a wave that is swallowing hundreds of lives We created it Ruins to the ground CHORUS Plunging in the sea of sadness You will just win the madness Why do you insist in not seeing the truth? You cannot pretend being a blind... the conscience cries I seem to die with every taste of sand That brings a hurricane The planet is now having an abortion of us... it´s time to fade away "Fade away with wars, devastation, diseases... let's make a sinner's prayer Fade away... the house is falling from grace" CHORUS Plunging in the sea of sadness You will just win the madness Why do you insist in not seeing the truth? You cannot pretend being a blind... the conscience cries Solo (Reis) "Die feeling empty inside" Your greed has done this sacrifice to your life Oh mankind you´re so vivid But at the same time you never see a threat in front of your eyes

4.145

plays

Comentários

Filtrar Por:

Playlists relacionadas à musica

Finitude

Cidade/EstadoAracaju / SE
Plays35.005plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesLyria Army Fan e outros 72 ouvintes
Fã-clubeSandro Monteiro e outros 100 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Luiz Gustavo (Gusth)Guitarra
Marcelo MenezesVoz
Djalma MoreiraBaixo
Ver mais integrantes

Release

Formada entre julho e agosto de 2005 na cidade de Aracaju / Sergipe, a FINITUDE vem desbravando, desde então, um longo e espinhoso caminho na busca da sua evolução musical e artística, em específico, mas não limitante, sob a forma de expressão conhecida como ?Heavy Metal?.

O marco inicial desta jornada foi a gravação do primeiro CD, intitulado ?Way of Wisdom?, durante o período de janeiro a abril de 2006. Uma produção concebida de forma totalmente independente e inesperada, visto o pouco tempo de formação. Entretanto, este trabalho serviu para solidificar o termo ?banda? e o interesse em permanecer junto fazendo boa música.

Assim, constituiu-se o primeiro lançamento da FINITUDE, ou seja, permeado por cinco faixas autorais, uma ótima produção gráfica e um conceito marcante envolvendo assertivas da Psicologia e dúvidas estritamente humanas. Some-se, ainda, ?riffs? marcantes e melodias cativantes definindo um resultado atestado pelas diversas resenhas positivas da mídia especializada, disponíveis ao final deste texto, além de uma excelente recepção por parte do público.

O primeiro show oficial da banda combinou o lançamento do CD ?Way of Wisdom? e a presença forte do público, em 22 de abril de 2006, abrindo espaço para seguirem, então, fazendo diversas apresentações em suporte a este trabalho por todo o destacado ano.

Ademais, durante o final de 2006 e inicio de 2007, a banda voltou ao estúdio e gravou um single exclusivo para lançar na Internet, intitulado ?Inside a Human's Head?. Esta faixa repercutiu positivamente e tornou-se rapidamente uma música constante em todos os shows. Todavia, por motivo de conflitos internos, o então tecladista James Freitas deixou a banda durante a produção deste.

Em fevereiro de 2007, a FINITUDE recebeu o convite para participar do Projeto Verão, um evento de grande porte promovido pela prefeitura de Aracaju / SE, que contou com a presença de artistas nacionais e regionais. Mesmo com uma série de adversidades a banda fez uma excelente performance, agrandando ao grande público presente.

No decorrer do mesmo ano, a FINITUDE recebera o convite para dividir os palcos em uma série de shows pelo Nordeste com a banda gaúcha BURNING IN HELL. Contudo, para este ofício a banda recrutou os trabalhos do guitarrista Ícaro Reis, já à época bastante próximo. Embora sua estreia tenha ocorrido antes, ou seja, em um show que antecedera a turnê na cidade de Lagarto / Sergipe, sua efetivação como membro oficial ocorrera imediatamente.


Esta turnê estendeu-se por todas as grandes cidades do nordeste brasileiro, incluindo Paulo Afonso (BA), Aracaju (SE), Maceió (AL), Recife (PE), Natal (RN) e Fortaleza (CE), com grandes shows, onde o público recepcionou de forma bastante calorosa a música feita pela FINITUDE.

Sem dúvida, 2007, fora um ano de bastante reconhecimento para a banda, pois diversos foram os contatos, aparições e entrevistas em revistas especializadas, sites e jornais. Saíram várias resenhas positivas e otimistas sobre o CD-Demo ?Way of Wisdom?, em especial das revistas: Rock Brigade, Roadie Crew, Rock Hard Valhala e Commando Rock; além dos sites: Whiplash (www.whiplash.net), Novo Metal (www.novometal.com), Metal Attack, All The Bangers (www.allthebangers.com.br), MetalVox etc. A maior parte destas resenhas podem ser conferidas ao final deste texto.

Encerrando 2007 de forma positiva, a banda ainda fez a abertura do show da renomada banda Hangar, do reconhecido baterista Aquiles Priester (www.hangar.mus.br), na casa de show ATPN na cidade de Aracaju / SE.

Em 2008, a banda começou com o pé direito sendo selecionada, entre diversas outras de todo o Brasil, para fazer parte do CAST do maior evento independente de rock em pleno carnaval, o PALCO DO ROCK, na cidade de Salvador / BA. Um grande show para um público estimado na casa dos milhares e uma excelente organização dos produtores do evento.

No mesmo ano a banda lançou mais um single promocional, o ?Never See My Fall?. Sem dúvida, um trabalho diferenciado que surgiu com uma temática distinta dos anteriores, mas não menos importante. Este CD-single foi muito bem recebido e contém três composições inéditas que versam sobre uma visão fenomenológica do planeta em relação ao homem. Ademais, traz uma sonoridade variando entre um metal rápido, uma balada refinada e uma faixa totalmente orquestral que gerou para a banda mais críticas e resenhas positivas.

De forma a levar um excelente e completo material aos fãs, o single conta ainda com uma faixa interativa (CD-ROM) contendo fotos, textos, letras das músicas e um vídeo documentário chamado ?Making of (A film by Finitude)?, que mostra grande parte do processo de produção, entrevistas e performances ao vivo da banda. Este vídeo e muitos outros podem ser conferidos no perfil da FINITUDE no You Tube (www.youtube.com/finitudeonline).

Outro grande momento de 2008 fora a abertura do show do André Matos, renomado ex-vocalista das bandas ANGRA, SHAMAN e VIPER, atualmente em carreira solo e SYMFONIA, em agosto deste ano. Ele dividiu o palco com a FINITUDE para executar a faixa ?Pride? do disco ?Ritual? de sua ex-banda SHAMAN (Vídeo também disponível no portal You Tube da banda).

A FINITUDE também fora indicada no segundo semestre de 2008 como banda Revelação pelo Prêmio Dynamite de Música, a maior celebração da cena independente do Brasil.

Em janeiro de 2009 a banda fez a abertura do BLAZE BAYLEY, ex-vocalista do IRON MAIDEN e banda homônima. Um grande show que veio gabaritar o histórico da FINITUDE com a abertura para um dos grandes nomes atuais do ?heavy metal? (Vídeo também disponível no portal You Tube da banda). Sucessivamente, a banda fez uma excelente performance na Rua da Cultura, abrindo a temporada de shows deste reconhecido espaço cultural sergipano. Ainda, em fevereiro, a banda participou mais uma vez do Projeto Verão, dividindo o palco com o irreverente cantor Arnaldo Antunes.

Carimbando o ótimo trabalho que a FINITUDE vem executando nos últimos anos, o site especializado ?All The Bangers? elegeu o trabalho ?Never See My Fall? como o melhor CD-single de 2008 pela sua equipe técnica. Outro reconhecimento imensurável.

No mês de junho do mesmo ano, o baterista André Moreira deixou a banda, sem problemas pessoais e de comum acordo, para seguir rumos próprios. Para seu posto a banda recrutou Arnaldo Silva, baterista bastante gabaritado e reconhecido na cena musical sergipana.

Desde então a banda parou as atividades por um pequeno hiato, retornando aos ensaios e shows no inicio de 2010, sendo convidada de logo a participar da Virada Cultural, outro grande evento promovido pela prefeitura de Aracaju / Sergipe, mais uma vez com grande repercussão na cena local.

Contudo, depois destes anos de experiência e o interesse de subir mais um degrau, a FINITUDE concentrou-se totalmente na composição e produção do primeiro álbum oficial, passando todo o ano de 2010 compenetrada neste processo complexo, mas importante de criação de novas músicas e registro das mesmas.

Então, agora em 2011, o processo de criação deste trabalho encontra-se concluso e se chama "Dissensio Homines Part I", com 10 faixas inéditas e uma regravação, onde irá expor na íntegra o conceito iniciado no CD-Demo ?Way of Wisdom?.

Não há interesse maior em lançar este álbum, retornar aos palcos e fazer diversos shows em suporte aquele e mostrar a FINITUDE nos palcos de todo o Brasil.


FINITUDE é:
Djalma Moreira (Baixo)
Luiz Gustavo (Guitarra)
Ícaro Reis (Guitarra)
Marcelo Menezes (Vocal)
Arnaldo Silva (Bateria)

Playlists relacionadas

Contrate

Agnosia Produções

(79) 9978 - 2701 | (79) 8838 - 4546http://www.finitude.com.br
Home