Imagem de capa de Francis Lopes

Francis Lopes

EstiloForró
Cidade/EstadoTeresina / PI
Plays2.106.542plays
Tamanho
Imprimir

Sou Nordestino e Não Nego (part. Caju e Castanha)

Composição: Francis Lopes / Castanha

Sou nordestino e não nego, meu esporte é vaquejada Quem nega suas origens para mim não tá com nada Sou nordestino e não nego, meu esporte é vaquejada Quem nega suas origens para mim não tá com nada Tem cabra que sai do norte e vem pro sul do país Pensando em ser feliz, querendo tentar a sorte De repente fica forte, consegue comprar um bem Mas só dá valor o que tem e se acha uma maravilha Mas se rever a família não reconhece ninguém Eu não entendo também, como alguém pode passar Cinco anos sem andar, na terra que lhe quer bem Esse nada lhe provém não lembra nem do irmão Que nasceu lá no sertão e não sente nem saudade Não vai rever a cidade, esse não tem coração Sou nordestino e não nega meu esporte é vaquejada Quem nega suas origens para mim não tá com nada Sou nordestino e não nego, meu esporte é vaquejada Quem nega suas origens para mim não tá com nada Tem gente que vem na pior, dinheiro começa a ganhar Depois começa a se achar, pensando que é o melhor De gente assim eu sinto dó, pois da família se intriga E muitas vezes até briga, se torna um ser imundo E vive pensando no mundo que tem o rei na barriga E tem aquele cafetão escravo da madrugada Que não lembra mais de nada que deixou lá no sertão Só pensa em passar a mão em tudo que lhe prouver Agenciando mulher, pensando que é empresário Mas no fundo é um otário é um tremendo Zé Mané Sou nordestino e não nega meu esporte é vaquejada Quem nega suas origens para mim não tá com nada Sou nordestino e não nego, meu esporte é vaquejada Quem nega suas origens para mim não tá com nada Ô Castanha meu amigo, me diga o que fazer Com o cabra que esquecer onde entrou seu umbigo Se ele merece castigo, me diga agora qual é Fale o que você quiser, o cabra que é desse jeito Se ele merece respeito me diga como é que é Francis Lopes eu te falo, um cabra ruim assim Quero bem longe de mim, bem melhor é um cavalo Pode até lascar o talo, mas falo a realidade Que um homem de verdade, ele é cheio de vertigens Não nega suas origens, não esquece sua cidade Sou nordestino e não nega meu esporte é vaquejada Quem nega suas origens para mim não tá com nada Sou nordestino e não nego, meu esporte é vaquejada Quem nega suas origens para mim não tá com nada Valeu Cajú e Castanha, pela participação Dois cabras lá do sertão, sucesso até na Alemanha Com vocês a gente ganha prestígio, fama e poder Tô feliz por merecer os dois cantando ao meu lado A vocês muito obrigado por cantar no meu cd Como é bonito se ver um nordestino guerreiro Na pista sendo o primeiro, gravando um novo cd Tiro o chapéu pra você, é Francis Lopes na parada Reunindo essa moçada, cantando numa só voz Valeu por ter botado nós no cd 'reis da vaquejada' Sou nordestino e não nega meu esporte é vaquejada Quem nega suas origens para mim não tá com nada Sou nordestino e não nega meu esporte é vaquejada Quem nega suas origens para mim não tá com nada

84.382

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica