Imagem de capa de Hermes Duran
Hermes Duran

Hermes Duran

EstiloRegional
Cidade/EstadoRio Grande / RS
Plays2.109plays
Tamanho
Cifra
Imprimir

Sonho De Andejo

Composição: Paulo Ricardo Costa.
De poncho emalado Eu pego a estrada campeando meu rumo E os sonhos andejos Seguindo o rastro de um baio ruano Talvez eu me encontre Nalgum ranchito quinchado de Lua Ou talvez eu me perca Pelo descampado dos meus desenganos As rosetas me trazem A dor da cantiga que vem das auroras E a barbela recita os versos mais puros Que a alma pediu É longo o caminho daqueles que partem Pra um mundo distante Levando nos olhos a água corrente com jeito de rio É triste a partida Pr'aqueles que seguem em caminhos incertos Mesmo sabendo Que a estrada nos leva para algum lugar A vida é que cobra O preço mais alto sem ao menos pedir Pior que partir, é saber que não tem Para quem voltar É triste a partida Pr'aqueles que seguem em caminhos incertos Mesmo sabendo Que a estrada nos leva para algum lugar A vida é que cobra O preço mais alto sem ao menos pedir Pior que partir, é saber que não tem Para quem voltar A sombra reclama levada a cabresto Não querendo seguir Talvez já sentindo a mesma saudade Que parte comigo Nem mesmo o campo Bordado de flores dessas primaveras São acalantos para a alma Que busca um abrigo pra quem nunca encontrou Talvez eu me encontre Pelas veredas de algum sonho andejo Os mesmos desejos Que a alma rebusca por essas estradas E num canto qualquer reerga um rancho de capim barreado Para ter ao meu lado Os olhos sorridos da mulher amada É triste a partida Pr'aqueles que seguem em caminhos incertos Mesmo sabendo Que a estrada nos leva para algum lugar A vida é que cobra O preço mais alto sem ao menos pedir Pior que partir, é saber que não tem Para quem voltar É triste a partida Pr'aqueles que seguem em caminhos incertos Mesmo sabendo Que a estrada nos leva para algum lugar A vida é que cobra O preço mais alto sem ao menos pedir Pior que partir, é saber que não tem Para quem voltar É triste a partida Pr'aqueles que seguem em caminhos incertos Mesmo sabendo Que a estrada nos leva para algum lugar A vida é que cobra O preço mais alto sem ao menos pedir Pior que partir, é saber que não tem Para quem voltar É triste a partida Pr'aqueles que seguem em caminhos incertos Mesmo sabendo Que a estrada nos leva para algum lugar A vida é que cobra O preço mais alto sem ao menos pedir Pior que partir, é saber que não tem Para quem voltar Pior que partir, é saber que não tem Para quem voltar Pior que partir, é saber que não tem Para quem voltar

1.895

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica