Irônika

Irônika

EstiloPunk Rock
Cidade/EstadoBelo Horizonte / MG
Plays140.181plays
Tamanho
Imprimir

Cantando e Dançando no Vale da Angústia

Composição: Bruno Luiz

Quero uma vaga no serviço militar pra concorrer com a vida sem perspectiva o diabo tem tido trabalho pra acabar com essa juventude sem saída Pânico e sangue em uma briga de gangues, garotos se matam numa briga de bar, poderia ter sido comigo mas enquanto não chega a minha vez de rodar vou me sedando deste mundo doente, sapateando na lama com um vinho barato e quente Andando nessas ruas escuras e cantando e dançando no vale da angústia Simples garoto suburbano sem emprego, olhar distante, gripado e sem dinheiro que cresceu ouvindo tiros nestes guetos e ruas short emendado e chinelo de dedo, pouco à esperar dessa vida além de trêtas, execuções e chacinas ainda assim você espera um momento para se libertar Não se deixe abater - tente não ser mais uma mancha de sangue nas ruas Olhos abertos - não faça parte dessa guerra suja Nossos irmãos como eu e você também sonharam com melhores dias alguns estão no cemitério municipal outros caíram na mão da polícia, não aguentaram o desespero da rejeição e a falta de oportunidade e tropeçaram no caminho instável da criminalidade Acredite em você - não alimente as estatísticas Futuro negado! A juventude é um genocídio mas nos resta uma gota de vida No vale da angústia, do jovem da morte prematura, onde espero a minha vez cantando e dançando, Cantando e dançando no vale da angústia Onde a tristeza e a discórdia ecoam em nossos dias a juventude está em genocídio E estou cantando e dançando no vale da angústia Escute os gritos que cortam o silêncio, repare os tiros disparados agora, o diabo aqui dobrou a esquina e lá se foi mais uma alma sebosa de geração em geração a mesma história novamente é contada, eu não tenho grandes sonhos porque ninguém vale nada Sobreviver - e o que fazer numa cidade fantasma? Pois essa é nossa guerra civil e vai ser sempre essa desgraça E quando a noite nasce e a solidão se refaz, estou descendo em luto as ruas do vale com frio, sem medo e com a força da idade

15.581

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica