Dunas

IVÁN QUIRINO

Dunas (Iván Quirino)

Seios!
Das jovens e mulheres Nordestinas
Dourados pelo sol de areias finas
Que apontam para o céu à beira-mar...
Lindas!
Com curvas sensuais e pelos verdes
Que cobrem o teu corpo, um tapete,
Um bosque de um parque a namorar...

Trilhas!
De amores e bromélias perfumadas
Que o vento sopra e beija o mar com sede
E o sal da água ajuda a bronzear...
Dunas!
De Areias finas, móveis,
Pó de ouro!
Que a vista ao longe encanta,
Um tesouro!
Cercando o litoral da minha Natal...

Dunas!
Com emoção prefiro descobrir-te
Nas curvas de teu corpo vou sentir-te
Sobre ti depois do prazer vou descansar...
Trilhas!
De amores e bromélias perfumadas
Que o vento sopra e beija o mar com sede
E o sal da água ajuda a bronzear...

Dunas!
De Areias finas, móveis,
Pó de ouro!
Que a vista ao longe encanta,
Um tesouro!
Cercando o litoral da minha Natal...

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (1)

Fotos (1)