Imagem de capa de João d Deus
João d Deus

João d Deus

Cidade/EstadoRibeirão Preto / SP
Plays15.365plays
Tamanho
Imprimir

Teoria Da Relatividade Part. Monique Tosto

Composição: João d Deus, Abdalla Beats, Atlantida How

Tão clichê que é até normal É a consequência de saber O que se quer Tempos modernos Até que soe natural Fluir como o vento Além da cerca que te cega Tão clichê quanto é normal É a consequência de dizer O que se pensa Tempos modernos Até que soe natural Fluir com o vento Além da cerca que limita a visão Anseio que comece Misto de pressa como Quem soubesse o que seria Os anos passam e a nova Face se revelaria Diante do espelho claro Que não reconheceria Vendo o refrão aguardam ávidos Por novos versos Lendo os teus mapas fiz as contas Códigos secretos Nada é exato e é tudo mato Reduzido a zeros Ontem era o Principal Hoje Não passa de resto Eu contesto Fora de contexto Um pretexto O uso do vocabulário É perda de tempo Enquanto ele passa E o sol já se põe Sou sempre eu que perco Oras! Quem se importa com o barulho lá fora Tá tudo rodando e as pessoas sorrindo Deixe as crianças derrubando a casa Desobedecendo normas que Ignoram Tão clichê que é até normal É a consequência de saber O que se quer Tempos modernos Até q soe natural Fluir como o vento Além da cerca que te cega Tão clichê quanto é normal É a consequência de dizer O que se pensa Tempos modernos Até que soe natural Fluir com o vento Além da cerca que limita a visão Anseio que termine Um mini game assim é o jogo Atinjo o topo Almejo o clímax Perco o pouco que ainda me resta Metendo o louco Digo aos outros Que a vida é uma festa Porque quanto mais aguçado Menos faz sentido Quanto mais tranquilo e calmo Mais ameaçado Confundindo o que sente É imperceptível Eu te trouxe umas rimas Não preciso mais Delas... Pense q são flores Joguem suas pedras vão rolar As águas vão passar A ponte vai cair E Esse rio secar É mais que batalhar Saber fazer sorrir Em tempos difíceis é que A gente se une Culto racional Beat sensacional Feat Abdalla Atlantida How Pra quem se permitir Varios anos aqui Em tempos difíceis é que A gente se ilumina Tão clichê que é até normal É a consequência de saber O que se quer Tempos modernos Até que soe natural Fluir como o vento Além da cerca que te cega Tão clichê quanto é normal É a consequência de dizer Oq se pensa Tempos modernos Até que soe natural Fluir com o vento Além da cerca que limita a visão

718

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica