JOÃO KAZAK

JOÃO KAZAK

EstiloSertanejo
Cidade/EstadoBelo Horizonte / MG
Plays129.568plays
Tamanho
Imprimir

05 Mulher bandida

Composição: João Kazak

Ela me deixou, E eu choro por ela. "tô" quase morrendo, De saudade dela. Já faz um bom tempo, Que ela foi embora, Ela já me esqueceu, E eu sofro até agora. Eu "tô" bagunçado, "tô" magoado, "tô" chateado, É por causa dela. "tô" desconsolado, "tô" mal cuidado, "tô" desgraçado, Por causa dela. Já bebi cachaça, E dormi na praça, Por causa dela. Ela não merece, Ela é uma bandida, Mas eu gosto dela. Ela não merece, Ela é uma bandida, Mas eu gosto dela. Se for pra morrer de pinga, Eu bebo, é por causa dela. Se for pra morrer doente, Eu morro, é de amor por ela. Onde está essa mulher, Pra onde foi aquela ingrata? Se ela não aparecer, Saudade dela me mata. Ela me deixou, E eu choro por ela. "tô" quase morrendo, De saudade dela. Já faz um bom tempo, Que ela foi embora, Ela já me esqueceu, E eu sofro até agora. Ela me deixou, E eu choro por ela. "tô" quase morrendo, De saudade dela. Já faz um bom tempo, Que ela foi embora, Ela já me esqueceu, E eu sofro até agora. Eu "tô" bagunçado, "tô" magoado, "tô" chateado, É por causa dela. "tô" desconsolado, "tô" mal cuidado, "tô" desgraçado, Por causa dela. Já bebi cachaça, E dormi na praça, Por causa dela. Ela não merece, Ela é uma bandida, Mas eu gosto dela. Ela não merece, Ela é uma bandida, Mas eu gosto dela. Se for pra morrer de pinga, Eu bebo, é por causa dela. Se for pra morrer doente, Eu morro, é de amor por ela. Onde está essa mulher, Pra onde foi aquela ingrata? Se ela não aparecer, Saudade dela me mata. Ela me deixou, E eu choro por ela. "tô" quase morrendo, De saudade dela. Já faz um bom tempo, Que ela foi embora, Ela já me esqueceu, E eu sofro até agora. Ela me deixou, E eu choro por ela. "tô" quase morrendo, De saudade dela. Já faz um bom tempo, Que ela foi embora, Ela já me esqueceu, E eu sofro até agora.

6.327

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica