Juliano Guerra

EstiloMPB
Cidade/EstadoPelotas / RS
Plays290.044plays
Tamanho
Imprimir

A Lama

Composição: Juliano Guerra

De tanto rezar, domingo Enfim eu fui atendido E me consolei chorando E me arrependi sorrindo E passado mais um ano Escapei de mais um tiro Que eu mesmo me dei na boca De um inimigo antigo Que é esse mal que assombra Meu espelho, o teu vestido A lama é bonita, amigo A lama é bonita, irmão A lama é um abrigo A lama é a solução A lama é bonita, amigo A lama é divina, irmão A lama casou comigo A lama e meu coração Minha irmã me cheira a boca Eu perco mais um amigo Que disse pra eu ter cuidado Ou quis se arriscar comigo Tanto faz qualquer perigo Tanto faz a vida à toa Eu não posso ser culpado Se já nem posso ir à rua E eu peço é algum sossego Uma outra dor menos crua Se a vida já não pertence Aos santos que a vida curra Que ao menos lhes diga: "moço, se aguente que a morte é sua"

4.497

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica