Liberdade Condicional

Liberdade Condicional

Cidade/EstadoBrasília / DF
Plays579.127plays
Tamanho
Cifra
Imprimir

Vida Eterna

Composição: LC

Por quanto tempo ainda vamos ter que suportar A crueldade, a humanidade em decadência Ricos cada vez mais ricos Pobres cada vez mais pobres Quem será que vai levar o maior tombo Vejo a parte bem sucedida materialmente Puxa do bolso algumas migalhas e novamente Achar que estou colaborando com um mendigo que pede esmola As granfinas enfiam a mão no fundo da sacola Joga uma moeda viram as costas e vão embora Que ajuda é essa? Queira me explicar Onde o cara nunca se levanta, continua no mesmo lugar E ao escurecer, como é que vai ficar? Ele procura um lugar pra se deitar Mas a noite é longa e demora O frio é intenso e ele chora Abandonado pelo mundo seu destino é esse Ser maltratado e humilhado, véi, vai ser assim Mais uma vez a palavra de Deus é confirmada Onde ele é o princípio, o meio e o fim da estrada Todos te abandonaram mas Deus não Felizes são os que sofrem a perseguição Por isso, mano, não fique desesperado Lembre-se de Jesus e ficarás aliviado Pois ele é a fonte da vida e nele está a resposta Tenha fé em Deus e aguarde Pode demorar Mas tenha certeza que ele vai volta Pois ele é a fonte da vida e nele está a resposta Tenha fé em Deus e aguarde a sua volta Pode demorar Mas tenha certeza que ele vai volta Precisamos de Jesus meu irmão Só ele te salva é da vida eterna Precisamos de Jesus meu irmão Só ele te salva é da vida eterna Enquanto muitos trabalham para se segurar Seus filhos que nasceram é preciso sustentar Outros ficam vagando pela rua o dia inteiro A idade vai chegando e vem a falta de dinheiro Pra comprar um pisante, um bermudão uma peita Tomar um refrigerante, fim de semana ir na feira Seus pais com muita dificuldade ganham pouco Pagar as contas fim de mês, maior sufoco Abandonou a escola cedo demais, foi ignorante não quis ouvir seus pais Se enturmou com a molecada da quebrada Sumia no mundo passava dias sem voltar pra casa E sua mãe coitada, desesperada Com 15 anos cometeu seu primeiro delito Deu azar foi preso e ficha no distrito A partir daquele dia era perseguido Altos BO's, altos assaltos, se formou bandido Andar armado e drogado era sua cina Virou patrão da merla e da cocaína Se achava o tal, carro zero Com 18 anos de idade, era respeitado na cidade Até que um dia a casa caiu Dormiu no ponto E agora, e agora Na rua era temido na cadeia ele chora Não adianta aloprar nem querer tirá onda, só quem foi lá sabe como é que é Nos dias de rosa, comprou uma faca, ficou garantido, faz parte na roda Bateu de frente no pavilhão com um inimigo seu Que há anos paga por um crime que não cometeu Na hora no banho de Sol vamo acertar aquela parada Por sua culpa estou preso sem dever nada Mas bem na hora do confronto um detento gritou Cadê o amor de Deus nos seus corações? Já não basta o lugar que vivemos, pra que mais confusões? Perdoe ele mano, perdoe ele irmão! Precisamos de Jesus meu irmão Só ele te salva é da vida eterna Acostumado a viver de migalhas nesse mundo Ser chamado por muitos de vagabundo Esqueceram um dos mandamentos que aqui você deixou E assim foi esclarecido: Amar a Deus sobre todas as coisas E ao teu próximo com meu irmão, meu irmão O Mashiah de Israel virá

96.970

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica