Imagem de capa de Lucas Pratta

Lucas Pratta

Cidade/EstadoSanta Luzia / BA
Plays424plays
Tamanho
Imprimir

Garpa

Composição: Lucas Pratta

[Verso 1] Sempre misturaram drogas com puberdade Mas o problema é do outro lado drogas com liberdade Precisava rever uns amigos da um balão ate tarde,é foda Ganancia vem esfriando essas cidades Sujando essas cidades,não da pra lavar os pecados Isso aqui é um zoológico, não é sentido figurado Você não sente o cheiro, é uma questão de faro Ainda fica com medo se vê minha cara de macaco Você não é melhor que eu, não sou seu empregado Playboy sua mãe sabe oque você vem fazer aqui no bairro Bonde dos sem talento hoje vai jogar descalço Manda outro porra, eu não tô cansado Se esse é o fardo, tudo aqui é incerteza Mas bonde do lobo mal tem que por as carne na mesa Um milhão de feridas e tu nunca vai ter certeza Se é pelo amor ou pelo ódio, vingança ou só grandeza Mãe Minha cara feia não é atoa, não [Verso 2] A gente é ruim de natureza, mas tem medo de assumir Parece que tu tem medo de cair Vocês nunca vão me achar, porque eu nunca tô aqui Você não quer me curar, você só quer me iludir Crocodilagem Já mosquei demais amor, hoje eu não tenho mais idade Eu não posso correr o risco nego,dessa piranhagem Quando fala de ganacia, quanto vale tua verdade ? Avante Eu sei que tu tem medo mãe, mas eu tô melhor que antes Esquece o meu pai, eu sou mais brilhante Tudo aqui é sujo, mas no meu bolso não tem flagrante Ta tudo tão distante, mas eu ainda tô no ofício Pra ele tanto faz seu eu tô morto ou se eu tô vivo Você nunca vai ser meu pai,muito menos meu amigo Arrombado não preciso do seu nome no meu registro Mãe Minha cara feia não é atoa, não

6

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica