EstiloSertanejo
Cidade/EstadoAmericana / SP
Plays91.473plays
VER TODAS AS MÚSICAS

Comunidade

OuvintesJ PAULO RODRIGUES e outros 103 ouvintes
Fã-clubeDoda Taxista e outros 38 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Salsicha BateraBateria
Márcio SouzaProgramações
JoelGuitarra

Release

Origem da Dupla

Quando os destinos se cruzam na Estrada da Vida.
E foi a estrada da vida que uniu o destino de dois amigos. Sem nenhum laço de sangue, Marcos Paulo e Marcelo se encontraram pela primeira vez nos corredores de uma casa de show. A dupla “Trajano e Camargo” teve o privilégio de ser convidada para abrir um show de Milionário e José Rico. Marcelo conta que após a apresentação cruzou com Marcos, que acompanhava o pai. Foi um rápido encontro, tempo suficiente para Marcos dar uma “tapa” nas costas do Marcelo e soltar a frase: “ Nós ainda vamos cantar juntos, um dia”.

Sete anos depois, em Cordeirópolis, no interior paulista, os caminhos de dois amigos se cruzaram novamente, desta vez o encontro seria definitivo. Após a apresentação de Milionário e José Rico, os dois cantores decidiram interpretar o grande sucesso “Sonhei com Você”.
Sob os olhares e ouvidos atentos da dupla autoria da canção, os jovens cantaram sem o menor constrangimento; como se fossem parceiro há anos. Ao final da interpretação, Milionário e José Rico deram o veredicto: “A dupla esta pronta!”. Desde o primeiro encontro, foram oito meses para a formação do repertório para o primeiro disco da dupla “Marcos Paulo e Marcelo”. Perfeccionista, José Rico fez questão de acompanhar todos os passos do primeiro trabalho, desde a produção até a regência. Ao final, o resultado não poderia ser outro. O primeiro disco, que leva o nome da dupla, é destaque no cenário musical e foi gravado no estúdio Gravodisc, em São Paulo, por onde passam grandes nomes da música brasileira. “Entrar nesse estúdio e gravar nosso primeiro trabalho era um dos nossos sonhos”, contam os amigos.

Marcos Paulo

Marcos Januário de Mattos (Marcos Paulo) nasceu em Monte Santo de Minas. O garoto começou os primeiros passos na música aos sete anos de idade, incentivado é claro, pelo pai; o Milionário que faz dupla com José Rico. “Comecei a cantar as primeiras músicas com meu irmão José Roberto”, lembra o sertanejo contando que se emocionou ao ouvir o primeiro grande sucesso do pai “De Longe Também Se Ama” tocar na rádio Progresso de Monte Santo (MG).
Foi a partir daí que o Marcos percebeu que, de fato, tinha a música no sangue e que seria inevitável seguir os passos do pai. Logo vieram as primeiras formações de duplas. “Marcos e Mario” e em seguida “Toninho e Daniel”. Essa experiência com os dois amigos da juventude serviram para ensinar o cantor como viver da arte da música. “Essas experiências foram muito importantes para minha carreira”, reforça.
Não foi apenas paixão pela música o único ensinamento de Milionário ao filho Marcos. A simplicidade, honestidade, respeito ao próximo e principalmente a força do trabalho fazem parte de uma formação. “O trabalho sempre foi colocado pelo meu pai como necessidade de valorização do que a vida nos oferece”, destaca Marcos que antes de ser cantor trabalhou como metalúrgico, servente de pedreiro e pescador. Experiências que, segundo ele, contribuíram para seu amadurecimento enquanto pessoa.
Além da aparência física com o pai, a música no DNA e a paixão pelo Palmeiras, Marcos herdou do pai o talento para a segunda voz. “Sou uma cópia fiel do meu pai”, brinca o sertanejo com o mesmo sorriso de Milionário.

Marcelo

Marcelo Gigich (Marcelo) nasceu em Rio Claro, no interior de São Paulo. Ainda menino cantava como irmão Nelson de Jesus, com quem formou a dupla “Breu e Brilhante”. Foi ouvindo as canções de Milionário e José Rico que o garoto cresceu e apurou seu gosto musical. “Eu ouvia as músicas deles no rádio e meu tio cantava com meu irmão, comecei a pegar gosto principalmente quando ouvia Amor Dividido”, lembra.
A trajetória do sertanejo seguiu com as formações “Ed Nelson e Marcelo”, “Regis e Renan” e “Trajano e Camargo”, sempre interpretando os grandes sucessos de “Milionário e José Rico”, como Marcelo faz questão de enfatizar. Foi movido pela vontade de ver os ídolos de perto que Marcelo, ainda pequeno, se passou por vendedor de pipocas em um show da dupla Milionário e José Rico em Santa Gertrudes.
“Peguei um tabuleiro, entrei no show, comi dois saquinhos de pipocas enquanto assistia a apresentação e abandonei o restante. Fui embora feliz da vida e nem me lembrei de devolver o restante”, conta se mostrando feliz com a travessura.
Antes de se firmar como cantor, Marcelo trabalho duro como pedreiro e confeiteiro, mecânico e, aos finais de semana, viajava com uma banda animando festas.

Playlists relacionadas

Contrate

Marcos Paulo e Marcelo Falar com Márcio

(19) 3462 - 2791 | (19) 9782 - 6189http://www.marcospauloemarcelo.com.br/
Home