Imagem de capa de Nemesis

Nemesis

Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays243plays
Tamanho
Imprimir

Pixaim

Composição: Nemesis

(Refrão) Olha onde a pixaim chegou, agora Todo mundo quer uma chance pra chamar sua mãe de sogra Sai fora, tu é mais que isso, firmeza? Eles só querem te fazer de sobremesa Um mano quer te privar, mas esse mundo é seu Tu não ganhou de mão beijada, tu mereceu Teu orgulho cresceu Tu floresceu, não é capacho Tu é rainha, com uma coroa de cachos (Verso 1) Olha só essa parreira na sua cabeça, de uva Não permita que ninguém te iluda Tudo muda com o tempo, ele é inconstante A prova viva é a você de antes Eles zuavam a cor da tua pele, o seu cabelo crespo Na escola você era a única e se sentia mal Mas ser único não é ruim, pelo contrário, é exatamente essa parada que te torna especial Sei que a insegurança visitava, constantemente Até hoje ela ainda dá as caras Porém, essa é a essência, preta Essas pedrinhas lutam pra ofuscar o brilho de uma verdadeira jóia rara Inspiração pra cada mito grego, talvez, seja clichê te apelidar "meu diamante negro" Mas essa é a questão da vida, saber tirar vantagem das nossas próprias feridas Por isso: (Refrão) Olha onde a pixaim chegou, agora Todo mundo quer uma chance pra chamar sua mãe de sogra Sai fora, tu é mais que isso, firmeza? Eles só querem te fazer de sobremesa Um mano quer te privar, mas esse mundo é seu Tu não ganhou de mão beijada, tu mereceu Teu orgulho cresceu Tu floresceu, não é capacho Tu é rainha, com uma coroa de cachos (Verso 2) A pixaim cresceu, agora tem um emprego Onde pra todo mundo é problema ser negro Mas engraçado, mudar o cabelo eles queria, as minas fazem transição pra cachos, enfim, a hipocrisia Geral quer rebaixar você, eles tem medo, eles se sentem totalmente ameaçados Porque tu tem competência pra abrir sua própria empresa e ainda comprar a deles, e fazer deles empregados Pra eles lugar de preta é só na faxina, trancada num estoque, num almoxarifado Errado eles não tão, trancada no seu próprio estoque de lace, de cabelo importado This Is Wakanda Você que manda nessas banda, dona do ringue Carrega nessa pele linda nosso "Black Is King" Mas tu é muito mais que pele, e isso é mais que certeza E agora eu quero que o mundo todo veja: (Refrão) Olha onde a pixaim chegou, agora Todo mundo quer uma chance pra chamar sua mãe de sogra Sai fora, tu é mais que isso, firmeza? Eles só querem te fazer de sobremesa Um mano quer te privar, mas esse mundo é seu Tu não ganhou de mão beijada, tu mereceu Teu orgulho cresceu Tu floresceu, não é capacho Tu é rainha, com uma coroa de cachos (Verso 3) A pixaim é segura de si, agora Se houvesse destino ela seria senhora Mas eu já te falei que ela manda em tudo, ela é maestra então é desse jeito que a orquestra toca Regente do terror, no bom sentido, as vezes no mau Ela espalha pânico por onde passa Porque ela agora é concorrida sendo natural e as mina que zuava, nem com massa corrida e nem de graça Consegue alguma coisa, quando ela entra em cena Ela tinha problemas, hoje ela É problema E esses lábios carnudos, outrora desprezados Hoje os manos fazem até fila pra beija-los "Olha só, parece que a favela venceu" Hoje ela tá no topo, e todo mundo nota Mas ela não vai facilitar pra você, afinal, agora tu é o verme, e ela é a bota (Refrão) Olha onde a pixaim chegou, agora Todo mundo quer uma chance pra chamar sua mãe de sogra Sai fora, tu é mais que isso, firmeza? Eles só querem te fazer de sobremesa Um mano quer te privar, mas esse mundo é seu Tu não ganhou de mão beijada, tu mereceu Teu orgulho cresceu Tu floresceu, não é capacho Tu é rainha, com uma coroa de cachos

242

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica