Imagem de capa de Nightmare Beats

Nightmare Beats

Cidade/EstadoPelotas / RS
Plays47.533plays
Tamanho
Imprimir

Isidore Ft. Zilladxg

Composição: Nightmare Beats, Zilladxg

Essa chuva toda é tão linda Reflete toda minha dor em um gesto tão sensível Queria poder dançar nela como num filme Sem ser filmada Gélida como corpo gélido Que peso carrego, Olorun Kosi Pure. As grandes poças ficam se chocando Não posso deixar de perceber seu ritmo, eles vão me acelerando Ouço cada tamborim, atabaque tocando Ouço as saias e os panderos rodopiando A voz do espírito me levou Pela voz do seu Zé, seu espírito me abraçou Diz que estou atrasada, vamos com pressa, ressaltou Se vista de preto Preto nunca foi opção de despir, porfavô! O caos atrolou tanto que vi Casas destruídas por ali A revolução dos bichos se fez valer Os porcos derramando sangue Poderia ser minhas veias descer. Me mandou continuar, não poderia perecer Todos iam pro mesmo lugar, perdendo ou vencer. A garganta queima, isso não é proibido ver. Pelo meio da rua eu continuo agir Não vendava meu olhos pro mal que estava ali Impotência levada, nos proibiu de progredir Sua cabeça na minha encostou Sua paz e sabedoria, meu coração reconfortou. Eu pude encontrar, no meio daquele mal Um caminho de amor depois do temporal Então é verdade que nenhum ciclo se estendeu, a minha corrida para sempre correu Meus pés cansados não me fazem mal Pude pegar, criança, velho, jovem, moça, homem no umbral. Não entenda mal, não fiz nada demais aqui A única coisa que queria era me despedir Há um amor, que sempre nos ligará a terra. E voltando enquanto não posso mais estar aqui Volto pras ruas, meu santo me ensinou a prosseguir E amparando cada vida triste perdida por aí. Queria ser, a que leva paz a guerra Enquanto não pudera, levarei amor a toda vasta miséria. Eu era uma dor, e não assim quis fiz a ser singela E assim, correndo por essa chuva, te encontrou Seu corpo ferido, ele vazou Seu último pedido ele me relatou Peguei o coração, fui um sol estridente Cegando inimigo, ele nunca me achou Levei seu coração a sua mãe, família e seu amor... Há muitas histórias por trás desses sorrisos e escapatória aqui Sou levada, aprendi a existir A alma dói, eu sinto muita dor Por isso eu me curvo quando me chamas com fé, o seu protetor.

2.824

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica