Imagem de capa de Novo Cenário

Novo Cenário

Cidade/EstadoBrasília / DF
Plays288.555plays
Tamanho
Imprimir

Nova Versão

Composição: Franco

Nova versão eu que ser de mim Um melhor pai, melhor filho... Bom esposo, bom amigo Do meu cachorro eu não quero só ser o dono Já existem tantos que moram no abandono Minhas limitações não dizem quem sou de fato Quando desaponto eu sei o quanto é chato A essência do perdão elimina os porquês Ninguém é tão monstro como imagina ser Refrão 2x O que professo não me torna professor Sou aprendiz em fase de evolução O meu passado não define quem eu sou, a cada ciclo uma nova versão Verso 1 Eu não sou, cálculo errado de palpite "eu não sou" Na soma da conta 1% dos detalhes "eu não sou" O monstro que pintam e nenhum poço de bondade "eu não sou" Não sou deserto pra sua miragem Eu vivo a vida, na direção do Espírito Sempre evoluindo, as vezes o decepciono Mas dou a volta por cima, reflito em Gálatas 5 E num piscar de olhos "eu" reapareço nos escombros Refrão 2x O que professo não me torna professor Sou aprendiz em fase de evolução O meu passado não define quem eu sou A cada ciclo uma nova versão Verso 2 Se a cumplicidade é a meta, títulos não valem nada As vaidades no orgulho são as piores armas Ela descontroi valores como a força das águas Se afoga, quem rejeita o afago, é a lógica da prática... Não tô pra ser desfalque Onde eu estou vivendo, minhas responsabilidades são lutas e eu estou vencendo Uma construção interna aos poucos se desenvolvendo Em sincronia com a matéria que se vai com a ação do tempo. Refrão 2x O que professo não me torna professor Sou aprendiz em fase de evolução O meu passado não define quem eu sou A cada ciclo uma nova versão Não sou deserto pra sua miragem, eu prezo pela originalidade, Meus erros não são recicláveis, não sou perfeito, nem personagem.

65

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica