Imagem de capa de Parque Florenza
Parque Florenza

Parque Florenza

EstiloRock
Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays3.318plays
Tamanho
Imprimir

Navegar

Composição: André Carvalho

Quanto sangue ainda há de escorrer em nossas mãos? Ou tabus mais absurdos que herdarão nossos irmãos? Pra segregar iguais Qual ideia de utopia podaremos sem pesar? Qual conceito de verdade absoluta irão usar? Alguém vai nos salvar? Quanto mais eu sigo em frente, mais o meu caminho pesa Navegar é preciso mas, é sempre bom lembrar de onde vem Seja onde for O ódio nosso deposite em quem discorda de você A cada dia fortifique essa muralha, ouvi dizer Pessoas não são más Eu via a guerra por dinheiro, eu via o medo o tempo inteiro Eu via em mim esse veneno, eu via em mim esse veneno Quanto mais eu sigo em frente, mais eu sei que a vida cobra Navegar é preciso mas, é sempre bom um cais pra poder voltar Seja onde for Pessoas não são más Pessoas não são iguais Quanto mais eu sigo em frente, mais eu sei que a vida cobra Navegar é preciso mas, é sempre bom um cais pra poder voltar Quanto mais eu sigo em frente, mais o meu caminho pesa Navegar é preciso mas, é sempre bom lembrar de onde vem Seja onde for

448

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica