Imagem de capa de Os Vilarim

Os Vilarim

EstiloForró
Cidade/EstadoFloresta / PE
Plays46.712plays
Tamanho
Imprimir

Seguro Desemprego

Composição: Flávio Leandro, Edimilson Nascimento

Fui pra São Paulo pra buscar meio de vida E minha flor de margarida deixei pro lado de lá Peguei a estrada vim pra terra da garoa Tô sozinho, tô à toa nesse grande caminhar Peguei a estrada vim pra terra da garoa Tô sozinho, tô à toa nesse grande caminhar Eita formigueiro grande Eita tem formiga pra danar A diferença é que elas carregam folhas E também vivem sem escolhas no seu próprio habitat A diferença é que elas carregam folhas E também vivem sem escolhas no seu próprio habitat E tem um tal de teco, teco de sapato Bem diferente do mato Onde eu antes caminhava Minha alpargata presa pela rabichola Minha companheira sacola E o cipó de cana brava E tem um prédio de uns 100 metros de altura Vixe que me dá tontura se me atrevo a olhar pro alto Já caí na tontura lembrando a baraúna Lá do pé do alto Eu vou dar baixa na carteira de trabalho Vou seguir meu itinerário E vou voltar pro meu sertão Vou ao Nordeste reviver meu aconchego E com o seguro-desemprego Vou comprar um violão Ai..ai...ai... Lá no meu canto é que eu me sinto mais feliz Saco o dinheiro do PIS E compro um par de alianças E vou juntinho com minha flôr de margarida Recomeçar nova vida Nesse mundo de andança E se a grana acabar Eu vou ficar na mão Vender meu violão Meu toca-fitas novo Dizer adeus ao povo desse meu torrão Pegar um caminhão E ir pra sampa de novo...

1

play

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica