Trio Parada DuraControle Remoto Ft. Maiara E Maraisa88.030 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 2

    Contrate

    Telefone Mudo Produções

    (11) 5054-7000

    Controle Remoto Ft. Maiara E Maraisa

    Nando Marx / Douglas Mello / Flavinho Tinto

    Ah se eu tivesse um controle remoto
    Na hora da briga eu apertava o mudo e pensava direito
    Na palavra certa pra poder falar
    Ou talvez retrocedia, pra essa briga nem rolar

    Mas não dá pra subir, a lágrima que já caiu
    Nem desatravessar do seu peito a palavra que feriu
    Nem da pra juntar os cacos dos copos quebrados
    Nem voltar o começo, nem mudar o passado

    Aah eu teria que abrir mão de tudo
    Eu lembrei que depois dessa briga
    A gente fez amor e planos pra nossa vida

    Aah vou errar mais mil vezes aposto
    Outras mil vou fazer diferente
    Me perdoe o que falei de cabeça quente

    Lágrimas vão cair
    Não tem jeito não da pra evitar
    Mas todas as vezes vou estar do seu lado pra enxugar
    Ah ah ah aaah

    Mas não dá pra subir a lágrima que já caiu
    Nem desatravessar do seu peito a palavra que feriu
    Nem dá pra juntar os cacos dos copos quebrados
    Nem voltar no começo, nem mudar o passado

    Aah eu teria que abrir mão de tudo
    Eu lembrei que depois dessa briga
    A gente fez amor e planos pra nossa vida

    Aah vou errar mais mil vezes aposto
    Outras mil vou fazer diferente
    Me perdoe o que falei de cabeça quente

    Aah vou errar mais mil vezes aposto
    Outras mil vou fazer diferente
    Me perdoe o que falei de cabeça quente

    Lágrimas vão cair
    Não tem jeito não dá pra evitar
    Mas todas as vezes vou estar do seu lado pra enxugar
    Ah ah ah aah aaah

    Músicas mais acessadas

    Álbuns e Singles/EPs  (1)

    Fotos (2)

    Clipes (2)

    Release

    Quem nunca se pegou cantarolando os versos de “As Andorinhas” e “Telefone Mudo”? Você pode não associar as músicas ao título, mas é fato que “as andorinhas voltaram e eu também voltei…” e “eu quero que risque o meu nome da sua agenda, esqueça o meu telefone, não me ligue mais…” fazem parte da trilha sonora da nova geração que curte sertanejo, tanto quanto dos antigos admiradores. Os donos desses clássicos são mais que referência para toda uma safra de artistas que têm perpetuado o gênero.

    Estamos falando, claro, do Trio Parada Dura, que faz parte do cenário sertanejo nacional desde 1973, recebendo, ao longo de sua carreira, dez discos de ouro, três de platina e um de diamante. O Trio construiu sua personalidade sobre uma base que conta com ...

    Continuar lendo>>