Imagem de capa de Pacificadores
Pacificadores

Pacificadores

Cidade/EstadoBrasília / DF
Plays49.595.935plays
Tamanho
Imprimir

Rapunzel

Composição: PACIFICADORES

Acorda desse sonho, enfrenta a caminhada Qual é o fim dessa história encantada? Ò conto de fadas, onde fadas não existem A droga é a carruagem, o crack, o príncipe A bela rapunzel agora é escrava Só que na torre mais alta, ela não está trancada Princesa do castelo triste, com quem vive, com medo Já não joga as trança. Cortaram seu cabelo Cadê o príncipe? Cadê a carruagem? A floresta encantada, de hoje é uma miragem, vai sonhando acordada Nos dias de gloria querer que fosse bela, á sua história Hoje chora, hoje implora pra querer sair de lá Quem vai fica, quem vai sai, quantos, mais vai entra? Nessa vida de crime. 1 5 7 drogas Luta guerreira hoje é dia de vitórias Muralhas e guaritas é só o que há Já não pode caminhar, nem ir, e nem, voltar O tempo é vagaroso, já não quer passar, á pobre rapunzel, á vida, já está! Ei, que história triste, criança escuta e chora. Ao cair a noite no sonho se apavora Em uma cela escura e fria ela se trancou Cadê o final feliz que tanto ela sonhou? Quero que prometa, não vá desistir Ainda tem pessoas que oram por ti, Olhe para frente e não viva o ontem Que o ontem passou A sua liberdade a droga levou Presa no pesadelo que mesma criou Olhe para frente e não viva o ontem, que o ontem passou A suas tranças que no castelo a salvará Bruxa má no pesadelo vem ti visita Oh Deus vigia a rapunzel que esta sozinha Oh Deus toma da mão dela a farinha Fugiu de casa cedo, mulher de bandido, Engravidou com 15, mora com o perigo Não apanhou da mãe. Filha nova querida, Quem não aprende em casa vai apanhar da vida Com rosto de boneca perdeu a forma com o soco A bela e o carrasco as coronhadas do louco Seu príncipe encantado não ti vê como mulher E sim como uma carne crua que ele come quando quer Você chora! Pedir desculpas pra mamãe não dá O seu nome ela falou antes do coração parar O seu pai caiu no álcool, perdeu até o emprego Anda igual mendigo ele só vive bêbado Ela ameniza o desespero com nariz na cocaína A princesa ficou feia, olha o estado dessa mina Emagreceu! As tranças que eram bela se desfez No castelo de droga está presa mais de um mês Cadê a mulher que era forte, impenetrável, igual concreto? No buteco da um gole, no barraco da um teco O espelho, que, refletia a sua beleza Hoje quando você olha, só te trás tristeza Quero que prometa, não vá desistir Ainda tem pessoas que oram por ti, Olhe para frente e não viva o ontem Que ontem passou A sua liberdade a droga levou Presa no pesadelo que mesma criou Olhe para frente e não viva o ontem, que o ontem passou

821.404

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica