Imagem de capa de Pâmela Amaro
Pâmela Amaro

Pâmela Amaro

EstiloSamba
Cidade/EstadoPorto Alegre / RS
Plays24.012plays
Tamanho
Imprimir

Oferenda/ Canoa De Preto Velho/ Bença

Composição: Oliveira Silveira, Pâmela Amaro, Jorge Onifade, Luciana Carvalho.
Dona Moça, Yalorixá Veja aí quem vem ao tranco Vá tinindo seu adja Dona Moça, mãe de santo É cavalo de Oxalá, porque está todo de branco É cavalo de Oxalá, porque está todo de branco Branca angolista de Angola Seu sangue o cérebro aqueça Adaga para degola Vermelho encharcando as mexas Bori para Oxalá velho Que é dono dessa cabeça Bori para Oxalá velho Que é dono dessa cabeça - Dança jongo, menina, deixa o jongo curiar dança jongo, menina, deixa o jongo curiar Oh, canoa de preto velho, curimbou, tem que dançar! Segura a saia, menina! Saia não pode levantar! Segura a saia, menina! Saia não pode levantar! Segura a saia, menina! Saia não pode levantar! Segura a saia, menina! Saia não pode levantar! Oi se quiser ver mais que saia, só se for pra namorar! Oh, canoa de preto velho, curimbou, tem que dançar! Mãos na cintura tem poder de enfeitiçar Umbigou nessa cintura não vai mais querer largar! - Vou acender uma vela Eu vou pedir licença Oh, meu Deus, quanta bença Quanta bença, vou umbigar Que a maldade não nos vença Seja de luz nossa presença Que Deus nos livre da ofensa Seja a saúde recompensa E a fartura na dispensa Vamos cantar nossa crença Quanta bença, vou umbigar

411

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica