Priscilla FeniksMansão do Gueto135.839 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 10

Nem Eu Nem Você

Priscilla Feniks

Refrão:
O que acontece quando você aparece
Nem eu nem você sabe o que acontece
O que acontece quando você (quero ver)
Sabe o que acontece

Se isso é, um jogo então vamos jogar
Se isso é, um trem então eu vou pegar

Comprei o bilhete já chegou o trem
Todo mundo já tá olhando eu sei... (eu sei)
E eu ensaiei mil formas de falar
E eu ensaiei como te reencontrar
Mil formas engraçadas de sorrir
Sem entender porque tinha que ir
Entendo.. são muitos meses sem se ver
Seu sorriso é um castigo e eu não sei porque
Quero saber de você se ainda tem
DIG DIG hey DIG DIG how Bingo

Não sei o que Deus quer mostrar pra gente
Ei você o mundo para uh eternamente
O que acontece, quando você aparece
Nem eu nem você sabe o que acontece
No alto da escadaria
A gente discutia a lua, a vida
O que acontecia, essa energia
Na boemia, pura sintonia

Refrão

Pode crê... eu fiz de tudo por você
Pode crê... deu tempo de se arrepender
O vento que soprou arrepiou a espinha
Aquele dia especial, (vix), ideia minha
Você dizia alto que eu ia ser sua
E minha vida era simplesmente a rua
Toda fruta da estação um dia cai
Revela o sentimento de querer mais
Ficamos juntos tudo é perfeito
Você vai embora eu me sinto um brinquedo
Sem saber, Se você lembrava e eu lembrava
Sem saber, Se ia dar certo eu acreditava
Sua vida é mó loucura viagem pura
E minha vida vive em função da sua

Refrão

Sei, dessa vez eu me perdi, okay
Eu não vi o trem partir, você
Sabe tudo sobre mim, parei

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (2)

Fotos (15)

Clipes (6)

Release

Priscilla Feniks é cantora e compositora que versa a visão feminina das ruas explorando diferentes flows e melodias. A artista, que se considera uma fênix – pássaro da mitologia egípcia que ressurge das cinzas – por sobreviver a diversas situações nas cidades onde já residiu, lançou seu primeiro álbum em 2013, intitulado Só a Gente Sabe.

Gaúcha, seu trabalho é influenciado pela sua militância social e política, sendo que atualmente integra a Frente Nacional de Mulheres no Hip Hop. Iniciou seu envolvimento com a Cultura Hip Hop através da dança em 2001, e no ano seguinte começou a escrever raps e experimentar produções caseiras.

Seja nos palcos ou na rua, já se apresentou em diversas cidades como: Recife, Rio de Janeiro, Porto Alegre, São Paulo, Bauru, Santos, Ribeirão Preto, São José dos ...

Continuar lendo>>