Revolução

EstiloPop Rock
Cidade/EstadoBelo Horizonte / MG
Plays50.257plays
Tamanho
Imprimir

Eu Te Amo (ACÚSTICO)

Composição: Johnny Kiff, Silas Lopes

Nossa história nunca terá fim Mas às vezes não sei o que você espera de mim Então me perco nessa grande ilusão Mas você sabe eu não quero confusão Esperando o que você irá dizer Eu tenho que fingir que não me importo com você Mas eu te amo Você é tão bonita E eu sou tão chato Você não me quer Porque eu sou cão do mato Esperando o que você irá dizer Eu tenho que fingir que não me importo com você Mas eu te amo Mesmo sem querer Meus passos me levam a você E a monotonia desses dias Me leva ainda mais A estar bem perto de você Mesmo sem querer Esperando o que você irá dizer Eu tenho que fingir que não me importo com você Mas eu te amo

6.706

plays

Comentários

Filtrar Por:

Playlists relacionadas à musica

Revolução

EstiloPop Rock
Cidade/EstadoBelo Horizonte / MG
Plays50.257plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesBarca da Ilha e outros 181 ouvintes
Fã-clubeRoselves Alves e outros 13 fãs

Comentários

Filtrar Por:
Johnny KiffVoz
Silas LopesBaixo
Ekson WallaceGuitarra
Ver mais integrantes

Release

Resenha por Agência Gafanhoto

O som que sai dos amplificadores é um pop/rock direto, sem firulas e cheio de poesia nas letras. Aliás, o próprio Johnny prefere ser chamado de poeta, e não de cantor. Logicamente, é o tempo que irá dizer se este jovem talento se tornará um novo Cazuza, Raul Seixas ou Renato Russo. Mas brilho para criar hinos de amor e sonhos ele tem de sobra.

As letras do cantor/poeta são proliferadas em meio a uma propagação de riffs e bases típicas do estilo. Não espere um som agressivo ou o ritmo acelerado e despojado do punk e do hardcore, mas sim o clássico pop/rock brasileiro. Aqui e ali, é possível detectar vários ícones do rock nacional como influências, como Barão Vermelho. Mas, após algumas audições, é notório também uma pegada meio U2 em alguns riffs.

No entanto, se estão tentando ‘refazer o mundo’, como os próprios integrantes afirmam, não seriam eles ‘punks’? Sim! Sem dúvida alguma, neste sentido, eles carregam uma bandeira com ideais daquilo que acreditam. E a crítica social vem através de questionamentos do eu interior de cada ser humano: por que o homem não consegue viver em paz com outros da mesma espécie? Por que busca muitas vezes o caminho da violência?



O drama vivido por brasileiros no dia a dia é retratado em várias músicas do quarteto. Em outro grande momento de reflexão, na música “Você só pensa em dinheiro”, Johnny coloca em xeque os valores das pessoas, que parecem se preocupar mais em ganhar dinheiro do que em viver: “a ganância te fez um ser alienado”.

Playlists relacionadas

Home