Imagem de capa de Sandrox
Sandrox

Sandrox

Cidade/EstadoSamambaia / DF
Plays4.412plays
Tamanho
Imprimir

Alvorada (2000 & Sempre)

Composição: Sandrox

A vida nunca foi um mar de rosas Cada um faz o que pode pra sobreviver Tem muito mano e mina que tá no corre E muita gente julgando sem nem conhecer Tem gente sem emprego Tem gente sem salário Vivendo de saudade atrás da grade Mas não se iluda Sua cela pode ser a sua sala No bairro mais nobre da cidade Desejo a todos poesia e ritmo Nada virtual, nem de algoritmo Calma e recomeça em 2000 e sempre Sempre a tempo para recomeçar Calma e recomeça em 2000 e sempre Sempre a tempo para recomeçar A alvorada raiou e clareou o breu A lágrima no orvalho desapareceu Se for pra rir levante a voz Sem pranto e pranto até o fim Desacelera, não se desespera Não é preciso apertar o passo A gente colhe o que planta Isso é certo Mas as dálias só florescem em março A vida é uma música que toca Raridade universal A gente tem que comandar a dança Até o acorde final Calma e recomeça em 2000 e sempre Sempre a tempo para recomeçar Calma e recomeça em 2000 e sempre Sempre a tempo para recomeçar A alvorada raiou e clareou o breu A lágrima no orvalho desapareceu Se for pra rir levante a voz Sem pranto e pranto até o fim Vamos manter mais esperança do que medo, família Derrube o muro, construa a ponte.

271

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica