Tião Carreiro e Paraíso
EstiloSertanejo
Cidade/EstadoMonte Azul / MG
Plays869.819plays
Tamanho
Imprimir

Palavra De Honra

Composição: Pedro Tomáz D´aquino, Tião Carreiro

Todo homem tem seu preço todo santo tem seu dia. Mundo velho está mudado de quando os avós vivia. Quando a palavra de um homem mais que dinheiro valia. Pra se firmar um negócio documentos não havia. Arrancava um fio da barba e dava por garantia. Não usava documentos como nos tempo atuais. Para tratar com um homem costumava pensar mais. Porém quem desse a palavra por nada voltava atrás. Honrava o que dizia mesmo com riscos fatais. Hoje a palavra de honra manter ou não tanto faz. Hoje tudo está mudado pra ninguém isso é segredo. A moral de certos homens está servindo de brinquedo. Quando fala volta atrás muda a verdade por medo. São simples monte de gelo que se passa por rochedo. Pra encontrar muitos deles não precisa sair cedo. Quanto mais o tempo passa mais se perde a tradição. Filhos de homem direito perde o nome em tabelião. O bom conceito que herdaram se vai nos golpes que dão. Não importa a honra da casa querem ser mais do que são. Pra se andar nas alturas deixa a moral lá no chão.

43.808

plays

Comentários

Filtrar Por:
Escreva um comentário

Playlists relacionadas à musica