Tribo da Periferia

Cidade/EstadoBrasília / DF
Plays224.323.255plays
Tamanho
Imprimir

Hora do Rush

Composição: Tribo da Periferia

Hora do rush Deu pico na favela Mil e um na quebra E na hora do chá tem cerimônia não Hora do rush Vamos ao que interessa Se amar, se fecha Que sobra conversa e o firma falta disposição Hora do rush A rotina tem pressa e o tempo é curto Pra se preparar pra sem lei Pra uns vai ser festa Ó as peças até 10 horas da manhã do chinês Hora do rush E eu vó por entre os bares E os carros Sobe e desce das bike Dos busão lotado Sequestro relâmpago, caixa eletrônico O trágico e o romântico se junta e causa pânico Sem sorriso irônico que o dia a dia é sádico Viver sem esse cântico e o segredo do mágico Viver é matéria, estude a vida e vice-versa Mais ação menos conversa, sem pressa Que a fita é essa Então vamo ao que interessa Que a rotina não para Futebol no campão E tiroteio na quadra Maconha na escola, lupa, cerveja gelada Na quina escama da prata Na cinta as peça cromada Hora do rush A parte e o maloqueiro, igual sexo Hora do rush Maloqueiro e dinheiro, igual frevo Hora do rush Dinheiro alheio e arma é complexo Hora do rush Verdin, isqueiro, igual nevou Hora do rush Deu pico na favela Mil e um na quebra E na hora do chá tem cerimônia não Hora do rush Vamos ao que interessa Se amar, se fecha Que sobra conversa e o firma falta disposição Hora do rush Rotina tem presa o tempo e curto Pra se preparar pra sem lei Hora do rush Rotina tem pressa o tempo e curto Pra se preparar pra sem lei E é o seguinte partiu Verdin, conjuntivite Loucura sem limites Assim, como Deus permite Cresci nas Brasilit Entre as Eternit da city Tive vários convites do crime Pra ser da elite (Bem vindo a minha kit) Mas isso pra mim que é requinte Não é preciso absinthe pra Celebrar um bom brinde Ainda é quatro e vinte O Escobar ali blitz Foi pego num Honda City Um arsenal de dinamite Oh, mais que sol quente Altas fita de repente, né Bola pra frente que a guerra é consequentemente Atribuladamente, pensamento delinquente A rotina é envolvente Ninguém tá pra semente, nessa porra Hora do rush A parte e o maloqueiro, igual sexo Hora do rush Maloqueiro e dinheiro, igual frevo Hora do rush Dinheiro alheio e arma é complexo Hora do rush Verdin, isqueiro, igual nevou Hora do rush Deu pico na favela Mil e um na quebra E na hora do chá tem cerimônia não Hora do rush Vamos ao que interessa Se amar, se fecha Que sobra conversa e o firma falta disposição Hora do rush Rotina tem pressa o tempo é curto Pra se preparar pra sem lei Hora do rush Rotina tem pressa, o tempo é curto Pra se preparar pra sem lei E os que pretendem, mas não nos ferem, fodam-se E os que oprimem e os que perseguem, fodam-se E os indecisos, tribo sugere, foda-se O crime não ta aqui mais é contra, foda-se

1.993.820

plays

Comentários

Filtrar Por:

Playlists relacionadas à musica

Tribo da Periferia

Cidade/EstadoBrasília / DF
Plays224.323.255plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver todos os álbuns
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesJacson Leandro e outros 66.497 ouvintes
Fã-clubeJeane Monteiro e outros 9.783 fãs

Comentários

Filtrar Por:
DuckjayVoz
LookVoz

Release

O grupo brasiliense Tribo da Periferia ou simplesmente TRIBO, para seus milhões de
fãs por todo território nacional, foi fundado no início de 1998 por seu vocalista Duckjay.
Nascido em Planaltina (DF), o grupo é reconhecido por todo o Brasil e se destaca pela
inovação e criatividade em suas composições.

Duckjay (Luiz Fernando da Silva), criador da Tribo, é brasiliense, além de
cantor, é autor e produtor musical de suas músicas. Duckjay começou a compor ainda
muito jovem e hoje, em parceria com seu amigo Look, também cantor e compositor,
formam a Tribo.

Em seus 20 anos de sucesso o grupo Tribo é considerado como um dos percussores
do rap nacional, conta com mais de Dois milhões de inscritos em seu canal oficial,
suas musicas, com letras que falam de sonhos e da realidade no Brasil, têm mais de
Meio bilhão de visualizações em seu canal do Youtube. Musicas como Alma de Pipa e
Insônia, estão com aproximadamente 100 milhões de views cada uma. Do novo
projeto, 5º O Último – Nem foi Combinado tem mais de 26 milhões de visualizações,
Doce da Alma já ultrapassa os 17 milhões de views e Imprevisível lançada dia 5 de
abril já tem mais de 7 milhões de visualizações.

Com apresentações por todo território nacional, a Tribo arrasta multidões, enchendo
as casas de shows por onde passa. O público presente é fã fervoroso do grupo, jovens
que cantam as músicas do início ao fim e carregam pelo corpo tatuagens com trechos
das letras de suas músicas, principalmente.

Tamanho sucesso com letras que aproximam crianças, jovens e adultos, falando de
amor, fé, coragem, futuro e sonhos, faz com que Tribo esteja entre os
maiores nomes do rap nacional e da musica brasileira na internet, são mais de 600 mil
seguidores em seu Instagram, 3 milhões de curtidas em sua página oficial do
Facebook e mais de 2 milhões de inscritos em seu canal oficial no Youtube.

Com uma agenda de mais de 15 shows mensais, a Tribo continua divulgando seu
trabalho por todo Brasil, preparando novas músicas e novos videoclipes, do projeto 5º
Último e esquentando os motores para as comemorações dos 20 anos da Tribo, que
acontece este ano.
 
Discografia - 6 álbuns publicados: o primeiro a ser lançado foi “Verdadeiro Brasileiro”
(2002), seguido de “Tudo Nosso” (2005). Seis anos após o lançamento do primeiro
álbum, o grupo passou a intitular os discos como - “1º Último” (2011), “2º Último”
(2013), “3º Último” (2014) e “4º Último” (2016). Atualmente o grupo trabalha no
próximo projeto “5º Último".
Hits - Alguns dos sucessos lançados pela Tribo: “Carro de Malandro” foi um dos
primeiros hits do grupo. Em seguida vieram: “Pode Olhar Que Eu Deixo”, “Marciano”,
“Aniversário do Colombiano”, “Ela tá Virada” e “Alma de Pipa”, “Insônia”, “Perdidos em
Narnia”, “Nem foi Combinado”, “Doce da Alma” “Imprevisível”, entre outros. Todas as
músicas da Tribo são produzidas pelo próprio Duckjay, no seu estúdio - Kamika-z.
 
Prêmios - Em 2016 a Tribo ganhou o prêmio Palco Mp3 como o artista mais acessado
na categoria Rap - Hip Hop. O grupo foi premiado também como o artista mais
acessado do Distrito Federal, por milhões de inscritos no Youtube. Além disso, o músico Duckjay, em 2008, foi indicado ao prêmio Hutiz, como melhor produtor musical
do Brasil.

Playlists relacionadas

Home