Tribo da Periferia

Cidade/EstadoBrasília / DF
Plays224.323.255plays
Tamanho
Imprimir

Os Últimos Serão os Primeiros (part. Look)

Composição: Tribo da Periferia

Eu tô do jeito que um.. Se num... Se num quiz, que fosse bom Vou de whisky, então disque nesse som. Minha rima e um disc jóquei Faz de teste o seu mundo Seu sonho, minha história Faz de escola um vagabundo Crescer.. Pivete de reebok, pixa-in How, se fosse assim... Loco o que seria de mim? Se a dor do ódio quem chora por amor Sem sofredor que o dinheiro tem valor Eu sei que na balada nego é sempre habituado Herdeiro de um 2x2, mas de castelo montado. Palmas pros barracos, glória pros guerreiros Avisa pros primeiros que os último chegou De chandon, lupa escura, Pronto, pronto pro show Cá pra nós não sou o guetto mas do guetto que eu sou De onde maria chorou de com as lagrimas de quem viu Que quase nada sobrou quando o castelo caiu Tipo jardim que da lama floresceu, catei minhas armas E tô atrás do que é meu, enquanto os que se fodeu Comemorei com parceiro, da coroa pro plebeu Então... Um brinde aos primeiro. O jogo acabou e ninguém notou Avisa o primeiro que o último chegou Nãm, nãm, nãm.. Pronto, pronto, pronto pro show! (look) Nãm, nãm, nãm.. Pronto, pronto, pronto pro show! (look) Um brinde aos parceiro eu também sou dos primeiros Guerreiro de fé, aqui nunca se esquece Agradeço à presença aí dos loco do df Que fortalece a nossa conexão Tamo junto, lado a lado, aí envolvido na missão Armado até os dentes, a munição é informação Um brinde aos primeiros, verdadeiro eu sei quem é Qual é gambé? Sai do meu pé Tô sem flagrante, nesse instante, lua minguante Sigo a diante, sentido zona norte, vila união Quebrada forte, tem que ter sorte, pra se dar bem nos corre Quem desce quem sobre, quem mata, quem morre Quem tá na pior, palmas t.o Só aumenta os b.o, molecada de menor Senta o dedo sem dó, um vai pro cemitério Outro pro xelindró, é assim que se acaba uma vida embassada Meu role na madrugada infelizmente interrompido Mas eu não posso criticar nem falar mal do individuo Se a 10 anos atrás eu também tava envolvido Altos vacilos, fortaleci o inimigo Mas só que Deus é mais, e ele tá nessa comigo. Um brinde aos primeiros aí, sucesso adquirido. O jogo acabou e ninguém notou Avisa o primeiro que o último chegou Nãm, nãm, nãm.. Pronto, pronto, pronto pro show! [look] Nãm, nãm, nãm.. Pronto, pronto, pronto pro show! [look] É bem melhor que.. Depois do primeirão Nós somos os últimos aqui, foi sempre assim Sou de cá, não dalí, cagueta junto é bolin. Rachou o sol quando ví, muita cabeça e um só vim Abracei não fugi, passei por onde os boné chegou (é de lei) Cheguei por entre os boné passei, (hoje sei) A rua ensina a sempre tá com respeito, de cima que cada quina Familia pelos fumaça da vida, um beck pra três demorou Mais um som talvez, o amanhã Deus que sabe, é mais um dia por vez Conheço tudo que o amor já fez, tô mais armado que da outra vez O jogo acabou e ninguém notou Avisa o primeiro que o último chegou Nãm, nãm, nãm.. Pronto, pronto, pronto pro show! (look) Nãm, nãm, nãm.. Pronto, pronto, pronto pro show! (look)

487.667

plays

Comentários

Filtrar Por:

Playlists relacionadas à musica

Tribo da Periferia

Cidade/EstadoBrasília / DF
Plays224.323.255plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver todos os álbuns
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesAdriele Oliveira e outros 66.276 ouvintes
Fã-clubeBARBARA e outros 9.768 fãs

Comentários

Filtrar Por:
DuckjayVoz
LookVoz

Release

O grupo brasiliense Tribo da Periferia ou simplesmente TRIBO, para seus milhões de
fãs por todo território nacional, foi fundado no início de 1998 por seu vocalista Duckjay.
Nascido em Planaltina (DF), o grupo é reconhecido por todo o Brasil e se destaca pela
inovação e criatividade em suas composições.

Duckjay (Luiz Fernando da Silva), criador da Tribo, é brasiliense, além de
cantor, é autor e produtor musical de suas músicas. Duckjay começou a compor ainda
muito jovem e hoje, em parceria com seu amigo Look, também cantor e compositor,
formam a Tribo.

Em seus 20 anos de sucesso o grupo Tribo é considerado como um dos percussores
do rap nacional, conta com mais de Dois milhões de inscritos em seu canal oficial,
suas musicas, com letras que falam de sonhos e da realidade no Brasil, têm mais de
Meio bilhão de visualizações em seu canal do Youtube. Musicas como Alma de Pipa e
Insônia, estão com aproximadamente 100 milhões de views cada uma. Do novo
projeto, 5º O Último – Nem foi Combinado tem mais de 26 milhões de visualizações,
Doce da Alma já ultrapassa os 17 milhões de views e Imprevisível lançada dia 5 de
abril já tem mais de 7 milhões de visualizações.

Com apresentações por todo território nacional, a Tribo arrasta multidões, enchendo
as casas de shows por onde passa. O público presente é fã fervoroso do grupo, jovens
que cantam as músicas do início ao fim e carregam pelo corpo tatuagens com trechos
das letras de suas músicas, principalmente.

Tamanho sucesso com letras que aproximam crianças, jovens e adultos, falando de
amor, fé, coragem, futuro e sonhos, faz com que Tribo esteja entre os
maiores nomes do rap nacional e da musica brasileira na internet, são mais de 600 mil
seguidores em seu Instagram, 3 milhões de curtidas em sua página oficial do
Facebook e mais de 2 milhões de inscritos em seu canal oficial no Youtube.

Com uma agenda de mais de 15 shows mensais, a Tribo continua divulgando seu
trabalho por todo Brasil, preparando novas músicas e novos videoclipes, do projeto 5º
Último e esquentando os motores para as comemorações dos 20 anos da Tribo, que
acontece este ano.
 
Discografia - 6 álbuns publicados: o primeiro a ser lançado foi “Verdadeiro Brasileiro”
(2002), seguido de “Tudo Nosso” (2005). Seis anos após o lançamento do primeiro
álbum, o grupo passou a intitular os discos como - “1º Último” (2011), “2º Último”
(2013), “3º Último” (2014) e “4º Último” (2016). Atualmente o grupo trabalha no
próximo projeto “5º Último".
Hits - Alguns dos sucessos lançados pela Tribo: “Carro de Malandro” foi um dos
primeiros hits do grupo. Em seguida vieram: “Pode Olhar Que Eu Deixo”, “Marciano”,
“Aniversário do Colombiano”, “Ela tá Virada” e “Alma de Pipa”, “Insônia”, “Perdidos em
Narnia”, “Nem foi Combinado”, “Doce da Alma” “Imprevisível”, entre outros. Todas as
músicas da Tribo são produzidas pelo próprio Duckjay, no seu estúdio - Kamika-z.
 
Prêmios - Em 2016 a Tribo ganhou o prêmio Palco Mp3 como o artista mais acessado
na categoria Rap - Hip Hop. O grupo foi premiado também como o artista mais
acessado do Distrito Federal, por milhões de inscritos no Youtube. Além disso, o músico Duckjay, em 2008, foi indicado ao prêmio Hutiz, como melhor produtor musical
do Brasil.

Playlists relacionadas

Home