Tribo da Periferia

Cidade/EstadoBrasília / DF
Plays224.323.255plays
Tamanho
Imprimir

Pensamentos

Composição: Tribo da Periferia

Pensamento, leve sem direção... O olho gordo, a inveja, a maldade, a corvardia. Me leve até a margem do rio de desespero. Me deixa livre disso aí, me guia pelos caminhos certos. Sigo a ordem do Senhor! Pensamentos, leve, sem direção, a ilusão... A dor de quem não soube pensar. Pensamentos, abre as portas, fecha as celas. Sára a inocência dos moleques da favela. Pensamento, o mundo que floresce em cada mundo. Que semeia as flores, machuca vagabundo. Capaz de fazer lágrimas jorrar num ladrão. Capaz de transformar uma pedra em coração. Pensamento, o mesmo que crucificou Jesus; Hoje aterroriza na agência de capuz. Às vezes entristece, se aquece as lembranças. Mas também fortalece, e fornece esperança. Pensando em ver a mãe sorrir, e ladrão chorar. No fundão, precisando de forças pra pensar. Então pense; pra quem só tem um vulgo é o que resta. O auge ou a miséria? Só pensa na hora certa. O mesmo te trás grana, fama, sorte, te oferece um barraco, uma pistola, a morte. Ha, é só questão de pensar se vale a pena ser louco, despensa comentário, entenda. O mundo de quem pensa com cabeça é diferente né? É quente, outros planos, outra gente. Nós tá aqui ó, atribuladamente pensando. O que cê que jhow? Todo dia vejo uma mãe chorando. Tu já ajoelhou na cova de um parceiro seu? Eu já! Por isso que você não pensa igual eu. Ah, outro planeta que o sentimento é puro, o pensamento é nulo, vida de vagabundo. (Refrão) Pensamentos, leve, sem direção, a ilusão... A dor de quem não soube pensar. (2x) Pensamentos, abre as portas, fecha as celas. Sára a inocência dos moleques da favela. Pensamentos, me trouxe até aqui; muito grato. Difícil pra quem pensa sozinho num barraco. Caralho, os moleque atribulô, nem pensou. Saiu de toca na cara, e nunca mais voltou. Pelo amor ou pela dor? não. Por dinheiro, é claro. Que pensar custa caro, e o homem é mercenário. Pensando na felicidade de um, outro chora. Aí pode sorrir, só Deus sabe a minha hora. Pensamentos, abre as portas, fecha as celas. Sára a inocência dos moleques da favela. Tire um momento sóbrio pra amar o sentimento. Corrompido, deprimido; pelo ódio, pelo medo... Pensei desde cedo em assumir meu coração. Vagabundo, dropado, não alcança pulsação. De tanto pensar no crime, maltrato minha carne. Só quem tá dentro sabe; que o ego é covarde. Ha, mesmo pensando em ser bom o corpo sofre. O necessitado não desiste na porta do cofre. Pensamento, me leve até os braços do amor, do sucesso; Me livre do fracasso. Leve, sem direção, a ilusão... Direcione as dúvidas, os sonhos de ladrão. Quem pensa no escuro, não pensa no futuro, pensamento é nulo, vida de vagabundo. (Refrão) Pensamentos, leve, sem direção, a ilusão... A dor de quem não soube pensar. (2x) Pensamentos, abre as portas, fecha as celas. Sára a inocência dos moleques da favela. Pensamentos!

650.090

plays

Comentários

Filtrar Por:

Playlists relacionadas à musica

Tribo da Periferia

Cidade/EstadoBrasília / DF
Plays224.323.255plays
VER TODAS AS MÚSICAS
Ver todos os álbuns
Ver mais vídeos

Comunidade

OuvintesVitinho Marley e outros 66.137 ouvintes
Fã-clubeCristhiano Andrellino e outros 9.758 fãs

Comentários

Filtrar Por:
DuckjayVoz
LookVoz

Release

O grupo brasiliense Tribo da Periferia ou simplesmente TRIBO, para seus milhões de
fãs por todo território nacional, foi fundado no início de 1998 por seu vocalista Duckjay.
Nascido em Planaltina (DF), o grupo é reconhecido por todo o Brasil e se destaca pela
inovação e criatividade em suas composições.

Duckjay (Luiz Fernando da Silva), criador da Tribo, é brasiliense, além de
cantor, é autor e produtor musical de suas músicas. Duckjay começou a compor ainda
muito jovem e hoje, em parceria com seu amigo Look, também cantor e compositor,
formam a Tribo.

Em seus 20 anos de sucesso o grupo Tribo é considerado como um dos percussores
do rap nacional, conta com mais de Dois milhões de inscritos em seu canal oficial,
suas musicas, com letras que falam de sonhos e da realidade no Brasil, têm mais de
Meio bilhão de visualizações em seu canal do Youtube. Musicas como Alma de Pipa e
Insônia, estão com aproximadamente 100 milhões de views cada uma. Do novo
projeto, 5º O Último – Nem foi Combinado tem mais de 26 milhões de visualizações,
Doce da Alma já ultrapassa os 17 milhões de views e Imprevisível lançada dia 5 de
abril já tem mais de 7 milhões de visualizações.

Com apresentações por todo território nacional, a Tribo arrasta multidões, enchendo
as casas de shows por onde passa. O público presente é fã fervoroso do grupo, jovens
que cantam as músicas do início ao fim e carregam pelo corpo tatuagens com trechos
das letras de suas músicas, principalmente.

Tamanho sucesso com letras que aproximam crianças, jovens e adultos, falando de
amor, fé, coragem, futuro e sonhos, faz com que Tribo esteja entre os
maiores nomes do rap nacional e da musica brasileira na internet, são mais de 600 mil
seguidores em seu Instagram, 3 milhões de curtidas em sua página oficial do
Facebook e mais de 2 milhões de inscritos em seu canal oficial no Youtube.

Com uma agenda de mais de 15 shows mensais, a Tribo continua divulgando seu
trabalho por todo Brasil, preparando novas músicas e novos videoclipes, do projeto 5º
Último e esquentando os motores para as comemorações dos 20 anos da Tribo, que
acontece este ano.
 
Discografia - 6 álbuns publicados: o primeiro a ser lançado foi “Verdadeiro Brasileiro”
(2002), seguido de “Tudo Nosso” (2005). Seis anos após o lançamento do primeiro
álbum, o grupo passou a intitular os discos como - “1º Último” (2011), “2º Último”
(2013), “3º Último” (2014) e “4º Último” (2016). Atualmente o grupo trabalha no
próximo projeto “5º Último".
Hits - Alguns dos sucessos lançados pela Tribo: “Carro de Malandro” foi um dos
primeiros hits do grupo. Em seguida vieram: “Pode Olhar Que Eu Deixo”, “Marciano”,
“Aniversário do Colombiano”, “Ela tá Virada” e “Alma de Pipa”, “Insônia”, “Perdidos em
Narnia”, “Nem foi Combinado”, “Doce da Alma” “Imprevisível”, entre outros. Todas as
músicas da Tribo são produzidas pelo próprio Duckjay, no seu estúdio - Kamika-z.
 
Prêmios - Em 2016 a Tribo ganhou o prêmio Palco Mp3 como o artista mais acessado
na categoria Rap - Hip Hop. O grupo foi premiado também como o artista mais
acessado do Distrito Federal, por milhões de inscritos no Youtube. Além disso, o músico Duckjay, em 2008, foi indicado ao prêmio Hutiz, como melhor produtor musical
do Brasil.

Playlists relacionadas

Home