Tun Araujo

Cidade/EstadoSão Paulo / SP
Plays1.784plays
Tamanho
Imprimir

Comerciante

Composição: Tun Araujo

COMERCIANTE Eles me chamam de camelô Alguns de comerciante Outros de ambulante Mas se esquecem que eu sou trabalhador, brasileiro. Rato cinza, ladrão de mercadoria Chefe do contrabando prende quem te financia Corre corre olha o Rapa Não da pra ficar parado, e se para eles te toma Carai, esse é o pão de cada dia Se eu perder o que é que eu faço Eu não sustento a minha família Ta bom, falô, to ligeiro igual formiga Me envolvo na muvuca, enquanto ele se aproxima Chamo no radin os neguin de cada esquina Aviso pra não vacilar Cuidado com a mercadoria Jogo na mochila o pouco que me resta Amanhã eu tô de volta agora é sebo nas canelas Adrenalina a mil tiú, do centro eu vou pra sul Sigo no rasante louco jhow, mais um rapaz comum Eles querem ver meu fim Acha que eu to de bobeira Se junta no complô, E joga lenha na fogueira Isqueira os bico pra bater, matar, fazer qualquer besteira Aplaude a tropa de choque se eles chegam na madeira Me chamam de bandido, vilão, fora da lei Mais compram na minha mão Porque é barato pode crê 1ª linha, 2ª linha, tanto faz O que importa é se o produto quando usa é eficaz Rapaz, essa profissão é foda se moscar eles te pega E se pegar amigo é lona Vários pra atrasar e nenhum pra adiantar Se eu perder o problema é meu e ninguém vai se preocupar Metropolitana, Civil ou Militar Eu duvido que não tem um bagúi do Paraguai Querem me prender, querem me pegar Porque eu favoreço o povo e não quem pode me roubar Independente, livre como o vento Profissional das ruas sou da selva de concreto Sem remuneração, eu dependo do que eu faço E assim levo minha vida na cidade de São Paulo Comerciante do povo ambulante Fiel fornecedor desta cidade grande Comerciante do povo ambulante Vendo de tudo um pouco meu produto é viciante Atenção, atenção hoje a promoção é massa Na compra do CD cê leva junto amor e raça Dedicação de quem nunca foge a luta Fé muita fé de quem sonha de quem busca Um futuro promissor pelas ruas do Brazu Incentivo a correria amigo, pode acreditar Cada pingo de suor tamo junto é nois que tá Antes do galo cantar ou depois que o sol fritar São milhares de barracas prontas pra negociar Simpatia, alegria é claro, a chave do negocio E a maquina da Cielo pra parcelamento é lógico A vista tem desconto em qualquer mercadoria Pro casal, pro solteiro ou pra toda sua família Pros mano e pras mina que só tão de passagem Custa nada conhecer, parar, fazer uma amizade Aqui tem CD, camiseta, DVD Bombeta, óculos de sol, estilo e moda pode crê Então fala o que cê quer nois arruma rapidinho Mais rápido que um flash parça é o radio dos menino Contato é o que não falta é igual mercadoria Se um não tem outro repõe assim a gente ganha a vida Nas ruas do Brasil atrás do pão de cada dia São milhares igual eu no corre pela sua família.

5

plays

Comentários

Filtrar Por:

Playlists relacionadas à musica

Home